Atividades da Patrulha Rural são desativadas em Xanxerê por falta de recursos

6 de julho de 2016 13:24
Comunidade , Polícia , Trânsito , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Atividades da Patrulha Rural são desativadas em Xanxerê por falta de recursos (Foto: Divulgação)

O comandante da Polícia Militar (PM) de Xanxerê, Tenente Vilte dos Santos, falou sobre o fim das atividades da Patrulha Rural de Fronteira em Xanxerê e nos demais municípios da regional da Amai. De acordo com Vilte, o desativamento da Patrulha Rural de Fronteira se deu em virtude a falta de policiais e pela falta de auxílio financeiro, dos demais municípios que integram a regional da Amai.

Segundo ele a manutenção da frota responsável pelo patrulhamento e apoio às guarnições dos demais municípios (Tático e Patrulha Rural), vem sendo realizada exclusivamente com recursos oriundos de convênio com o município de Xanxerê. O Tenente destaca que já houve um primeiro conto com a Amai, há cerca de um ano, na busca por ajuda para manter os serviços ativos, no entanto, até o momento nenhum retorno foi dado ao comando da PM.

Vilte salienta ainda que os policiais que integravam a Patrulha Rural de Fronteira, foram realocados em outras funções, como policiamento K-9 (canil) e guarnições de área, enquanto que a viatura até então usada pela Patrulha Rural, ficará à disposição para serviços administrativos e operações de trânsito, como já vinha ocorrendo até a última semana, sempre nas folgas dos policiais que integravam a Patrulha Rural.

Mesmo com a desativação da Patrulha Rural, Vilte enfatiza que os trabalhos de policiamento na zona rural de Xanxerê, será mantida periodicamente pelo Tático (PPT). Outra mudança perceptível pela população é o policiamento ostensivo e preventivo nas escolas nos períodos de início, intervalo e término das aulas.

Com informações da Coluna Ronda Policial


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais