Aumento do feijão chega a 33% em Xanxerê e bate recorde

28 de junho de 2016 11:56
Agricultura , Comunidade , Economia Compartilhar no Whatsapp
Aumento do feijão chega a 33% em Xanxerê e bate recorde Feijão sofre aumento de 33%. (Foto: Patrícia Silva/ Lance Notícias).

Além do aumento no leite, muitos consumidores já têm sentido o aumento em outros cerais, um deles é o feijão, que aumentou em média 33% desde o começo do ano. Em Xanxerê os supermercados estão repassando o ajuste agora para o consumidor.

Segundo Edson Marció, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios, o valor está agressivo e envolve também a produção no campo “o valor está bem agressivo e envolve a questão de entrada de produtos no país, existe uma ligação de cotação. Aqui no município o aumento vem mais tardio, até porque os supermercados possuíam um estoque segurado, mas aos poucos o reajuste vai ser sentido, hoje ele já está com o preço maior do que já foi pago”.

A justificativa do aumento de preços está no campo. No Paraná, que é o maior produtor de feijão, a safra sofreu sérios problemas no começo, no meio e no fim da plantação. Pois durante a plantação ouve um excesso de chuva, depois veio a estiagem e agora na colheita a geada.

Segundo Edson, como é cereal ele depende de uma negociação e um novo planejamento para que a produção tenho um equilíbrio e os preços venham a diminuir.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais