Baixa adesão das sacolas retornáveis em Xanxerê será discutido na Câmara de Vereadores

26 de outubro de 2016 14:22 | Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Baixa adesão das sacolas retornáveis em Xanxerê será discutido na Câmara de Vereadores Depois de sete anos, todos os mercados de Xanxerê voltam a distribuir sacolas plásticas. (Foto: Patrícia Silva/Lance Notícias)

Sete anos se passaram desde a instalação do projeto da sacola retornável nos supermercados de Xanxerê. O município se tornou exemplo para outras cidades, já que foi a primeira cidade a aderir a abolição das sacolas plásticas no Brasil. Mas, hoje a realidade é outra.

Mais de 90% dos supermercados voltaram a distribuir as sacolas plásticas para os clientes. Buscando conscientizar a comunidade da importância do uso da sacola retornável, Edson Marció, presidente dos sindicados do Comércio e Varejista de Xanxerê e Comercio varejista de Gêneros Alimentícios, deverá utilizar a tribuna da Câmara de Vereadores nesta noite para abordar o assunto.

“A ideia hoje é compartilhar com todos a situação do nosso município. O projeto já tinha sido adotado há sete anos e agora começa a perder adesão. Eu quero colocar o que ocorreu nesse processo, como o projeto funcionou e a que rumo tomou. As pesquisas da época mostravam que 85% dos xanxerenses aprovavam a utilização da sacola retornável, queremos saber o que aconteceu durante esse processo, se ele deu errado, se precisamos ajustar algo. Nós fomos reconhecidos e respeitados por isso, nos últimos 90 dias eu recebi duas pessoas que se interessavam em implantar isso no seu município, mas eu fiquei sem resposta”, comenta.

 

Leia também:

Sete anos depois, estabelecimentos voltam a distribuir sacolas plásticas a consumidores

 

 

 

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais