Bem Estar Animal pede apoio para manter atividades em Xanxerê

30 de maio de 2017 14:34
Animais , Comunidade , Política , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Bem Estar Animal pede apoio para manter atividades em Xanxerê (Foto: Divulgação)

 

No último dia 22 de maio, o Grupo Bem Estar Animal esteve no ministério público conversando com a promotoria para tentar ajustar e melhorar a situação da zoonoses do município. O grupo busca ainda uma parceria com o poder público para dar continuidade aos trabalhos.

Segundo o membro do grupo, Claudecir Rodrigues, a promotoria encaminhou um Ofício para a prefeitura com um prazo de 10 dias para a mesma se manifestar em relação ao assunto de zoonoses e a tração animal do município. “Com isso ficamos no Aguardo da prefeitura se manifestar, assim que eles derem uma posição a entidade volta a conversar com a promotoria para ver o que a gente pode fazer no sentido de ajudar e cobrar para que este assunto seja resolvido e sai logo do papel”, diz Claudecir.

Atividades seguem suspensas

Sem apoio do poder público, o Grupo suspendeu os atendimentos e deverá permanecer desta forma até que alguma decisão seja tomada.

“As atividades da entidade seguem suspensas. Essa suspensão das atividades não quer dizer que vamos parar, vamos dar uma pausa nos atendimentos e apenas focar nos objetivos do Grupo que é a castração, conscientização e adoção, onde alteramos o modo dos trabalhos que serão realizados a partir de agora”.

Castração: A Castração vai ser realizada apenas conforme o grupo receber doações e conseguir encaixar os animais de famílias mais carentes.

Adoção: A Adoção, devido ao grande número de animais, antigamente a entidade realizava feirinha de adoção, mas devido muitas pessoas se aproveitarem da ocasião e deixarem caixas de filhotes no local para tentar doar e no final do evento não retirarem, as feiras não serão mais realizadas.

Conscientização: A Conscientização, segue conforme o projeto, levando a conscientização e também informações úteis para todas as pessoas, sobre a causa animal, sobre zoonoses e também doenças.

“Estamos finalizando um material para que possamos intensificar mais estas palestras, onde o objetivo não é só levar a conscientização nas escolas mas também levar as comunidades, com um projeto que vai beneficiar todos os moradores de bairros”, explica Claudecir.

Pedidos de ajuda seguem

Algumas pessoas acreditam que o Grupo Bem Estar Animal é responsável por retirar os animais da rua, cuidar e colocar para adoção responsável, o que não é verdade. O grupo é formado por voluntários e não conta com ajuda do poder público, portanto, todo o trabalho realizado é feito com doações.

“São inúmeros os pedidos de ajuda que recebemos diariamente, mas sem verba, sem condições financeiras, não temos como atender, o que causa revolta  a muitos que nos procuram, e muitas vezes as pessoas não tem o conhecimento da situação que uma entidade  sem apoio passa. Muitas vezes tiramos dinheiro do nosso próprio bolso para adquirir medicamentos e até mesmo pagar tratamentos para animais, para não ver eles sofrendo. Com isso pedimos a todos que gostam dos animais que possam nos ajudar cobrando da prefeitura alguma solução. Basta olhar para as ruas dos bairros e ver quantidade de animais que tem e já se pode perceber o tamanho do descaso, não com os animais, mas como a saúde pública também”, finaliza.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais