Bombeiros de Xanxerê suspendem alguns atendimentos devido corte de horas extras

8 de novembro de 2017 08:53 | Bombeiros , Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Bombeiros de Xanxerê suspendem alguns atendimentos devido corte de horas extras (Foto: Patrícia Silva/ Lance Notícias)

PaOs atendimentos do Corpo de Bombeiros de Xanxerê vêm sofrendo com a falta de efetivo há meses, mas nesta quarta-feira (8), a situação se agravou ainda mais. Os bombeiros cedidos pelo município para o batalhão não podem mais realizar horas extras, o que faz com os atendimentos pré-hospitalares não sejam mais atendidos em alguns dias, ficando apenas ao cargo do Samu.

O Sargento Berlanda, do Corpo de Bombeiros de Xanxerê explica melhor a situação.

“O Corpo de Bombeiros está sofrendo há algum tempo com a falta de efetivo, tem o pessoal que entra para a reserva, que dá baixa e isso tem nos trazido uma defasagem mês após mês, onde as guarnições vêm sendo compactadas dentro das viaturas, acumulando funções inclusive, e agora essa situação se agravou pelo corte das horas-extra dos bombeiros cedidos, o que nos levou, pela primeira vez a baixar o serviço de atendimento pré-hospitalar e priorizar atendimento de combate a incêndio e resgate”, comenta.

O corte das horas extras atinge apenas os bombeiros cedidos, sendo oito. “Até isso se resolver eles vão fazer uma escala de 24 horas por 72 horas, o que fatalmente, em alguns dias do mês a ambulância vai estar baixada, não será sempre, mas haverá alguns dias”, finaliza o sargento.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Xanxerê, Major Walter Parizotto, lamenta. “Pela primeira vez em seus 15 anos de história, o Corpo de Bombeiros de Xanxerê hoje está com sua guarnição incompleta. Devido à falta de efetivo optamos por priorizar o serviço de resgate e combate a incêndio”, comentou em uma rede social.

 

Prefeitura se manifesta por meio de nota:

A obrigação de manter os atendimentos do Corpo de Bombeiros Militar é do governo do Estado, porém esbarra na deficiência com a falta de efetivo. Para auxiliar nas demandas e atendimentos diversos, a Prefeitura de Xanxerê cede servidores municipais que atuam como Bombeiros Civis Profissionais (BCPs), os quais não possuem competência para prestar os mesmos serviços que os bombeiros militares efetivos. A responsabilidade de gerir os serviços é exclusivamente do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, através do governo do Estado, não tendo assim o município obrigação, responsabilidade e muito menos competência diante desta situação.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais