Cachorro é encontrado congelado; confira dicas para amenizar o frio dos pets

10 de junho de 2016 14:18
Animais Compartilhar no Whatsapp
Cachorro é encontrado congelado; confira dicas para amenizar o frio dos pets O cão foi encontrado na manhã desta sexta-feira (10) (Foto: Divulgação)

 

Um cachorro de porte médio foi encontrado congelado no Bairro Nilde Bresciani no amanhecer desta sexta-feira (10) em Passos Maia. O município registrou temperaturas negativas durante toda a madrugada, conforme o portal Oeste Mais. O cão não tinha ferimento aparente, aumentando a possibilidade de morte por hipotermia. O cachorro estava caído nas margens de uma estrada de terra, com os pelos cobertos de geada.

A Defesa Civil tem alertado a população quanto aos riscos do frio e a necessidade de atenção, mas, muitas vezes os animais são esquecidos neste momento. Se você possui animais de estimação, lembre-se dele, pois ele também sente frio.

Confira algumas dicas:

Para os animais que ficam fora de casa

Para quem tem cães de guarda, o aliado a segurança da família merece um abrigo seguro para se proteger do vento, chuva e frio. Independente do material constituído, as casinhas de cachorro devem estar dispostas de forma a não receber rajadas de vento. Da mesma forma, seria interessante respeitar uma boa orientação solar para que ela receba a maior quantidade possível de raios solares durante o dia.

Verifique se existe alguma goteira que comprometa o conforto térmico do local. Se você tem o costume de oferecer cobertas, trocá-las semanalmente auxilia a manter a saúde da pele e pelos do animal. Nunca deixe seu cão em cobertores molhados.

Alimentação

Talvez seja interessante aumentar um pouco o aporte energético do cão que dorme fora de casa. Alguma coisa em torno de 15% favorece a produção de uma camada de gordura, ganhando assim um aliado à manutenção do calor do corpo. Em caso de doença, estar com um pouco de reserva também auxilia na recuperação. Cães enfermos podem ficar alguns dias sem querer se alimentar. Pergunte ao veterinário sobre o estado corporal de seu cão antes de aumentar a quantidade de ração.

Roupas

Nada contra se seu cão aceitar roupas no inverno, mas jamais deixe-as molhadas sobre o corpo dele. Se você tem um gato que tem livre acesso à rua, tenha em casa um local aquecido e pronto para recebê-lo. Se possível, permita a ele passeios mais curtos nessa época do ano e isso vale também para os cães. Algumas pessoas acostumaram seus pets a caminhar com sapatilhas especiais que protegem as patas da umidade e do frio. Mas se seu cão não se adaptou, deixar os pelos entre os dedos das patas mais curtos facilita a secagem quando o animal voltar para casa.

 

 

 

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais