Caixa apresenta alternativas para renegociação de dívidas do financiamento habitacional

10 de junho de 2019 11:40 | Visualizações: 585
Economia , Habitação Compartilhar no Whatsapp
Caixa apresenta alternativas para renegociação de dívidas do financiamento habitacional Foto: Reprodução/Record TV

A Caixa Econômica Federal anunciou a redução de até 1,25 p.p. nas taxas de juros para operações pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e divulgou também novas alternativas para renegociação de contratos habitacionais para pessoa física. O foco são as dívidas em atraso.

A taxa mínima para imóveis residenciais enquadrados no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) será de 8,5% a.a. e a máxima de 9,75% a.a. As novas taxas já começam a valer nesta segunda-feira (10).

De acordo com o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, a redução das taxas de juros do crédito imobiliário facilita o acesso à casa própria.

– Além de ampliar a oferta de crédito imobiliário em condições competitivas de mercado, a redução dos juros demonstra nosso compromisso com as melhores condições de financiamento para as pessoas e colabora para a retomada de investimentos no setor, com a criação de empregos, mais renda e aquecimento da economia – comenta.

 

Renegociação Habitacional
Os clientes pessoa física da Caixa também terão novas alternativas e facilidades para regularização de dívidas do financiamento imobiliário. A renegociação atinge cerca de 600 mil famílias e deve beneficiar 2,3 milhões de pessoas.

Segundo Pedro Guimarães, a Caixa preparou novas condições para os clientes regularizarem as dívidas dos contratos habitacionais em atraso.

– Entendemos que os brasileiros passaram por situações difíceis nos últimos anos e, diante disso, estamos oferecendo uma oportunidade para que possam regularizar os pagamentos, adequar os compromissos e manter o equilíbrio financeiro familiar – diz o presidente.

 

Para os contratos de financiamento habitacional serão oferecidas diferentes opções de negociação da dívida, com destaques para:

– Pagar à vista um valor de entrada e incorporar as parcelas atrasadas nas próximas prestações a vencer até o fim do prazo contratual.

– Utilização do saldo da conta vinculada do FGTS para reduzir o valor da prestação, conforme regras do Fundo.

– Alteração da data de vencimento da prestação.

O cliente que não se enquadrar nos critérios anteriores pode procurar uma agência da Caixa para verificar a possibilidade de um acordo. Essa ação é para todo o território nacional e os clientes poderão receber atendimento pelo telefone 0800 726 8068 opção 8, pelo site www.caixa.gov.br/negociar, nas redes sociais da Caixa no Facebook (facebook.com/caixa) e Twitter (twitter.com/caixa), App CAIXA Habitação, Internet Banking CAIXA (IBC), além das agências.

Em Xanxerê pode obter informações junto a agência da Caixa, ou na rede parceira que são as casas lotéricas e correspondentes credenciados. Ainda, são quatro casas lotéricas (três no centro e uma no supermercado Badotti) e dois correspondentes “CAIXA AQUI”.


Por: Carol Debiasi

Deixe seu comentário

Saiba Mais