Calendário 2017 da Rede Feminina de Combate ao Câncer está em fase de finalização

26 de julho de 2016 14:19
Comunidade Compartilhar no Whatsapp
Calendário 2017 da Rede Feminina de Combate ao Câncer está em fase de finalização Foto: Larissa Damian Trevisan

 

Charmosas e com toda a beleza que possuem, parte das Vitoriosas que foram sorteadas para estarem no calendário do ano que vem, participaram do ensaio fotográfico e aguardam ansiosas para ver o produto pronto. A parte da produção do calendário da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Xanxerê está em fase de finalização e nos próximos dias deve ser encaminhado para a impressão.

Nessa edição, quem está responsável pela produção do calendário é a empresa Wagner Art, através do empresário André Wagner. Segundo ele, o objetivo é desenvolver um trabalho diferenciado do que já vinha acontecendo. “Nós já acompanhamos o trabalho da instituição e queremos colaborar pra que o trabalho tenha continuidade. Nós trocamos ideias em reuniões, buscamos materiais parecidos para usar como referência e chegamos nesse modelo. Foi feito com muito carinho”, afirma.

Os trabalhos de organização e reuniões para definição do layout começaram em março. Depois que as fotografias foram finalizadas, foi realizada a escolha das frases que iriam para o calendário, para então iniciar a produção. Segundo a designer responsável pela layout, Bruna, o calendário ficou bastante alegre e bem delicado para representar que mesmo com toda a dor e sofrimento que as Vitoriosas passam, elas podem sempre tirar proveito. “Pelas fotos é possível ver que elas estão se amando hoje em dia mais do que se amavam antes. Então o objetivo é mostrar esse lado positivo de que não precisam se preocupar, pois vão manter a feminilidade, beleza e alegria de viver”, comenta.

O modelo do calendário está pronto e será entregue para a Rede Feminina fazer a última correção e depois será encaminhado para a impressão. “Sou muito grato pela Rede confiar no nosso trabalho e fazemos o bem sem olhar a quem. Estamos fazendo de coração. Sabemos que a instituição precisa se manter e nós ajudamos da melhor forma para fazer a diferença”, finaliza André Wagner. (Assessoria de imprensa)

 

 

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais