Cão é xodó de clientes e funcionários de posto de combustíveis e ganha até crachá

O Confusão tem um espaço especial no coração de vários clientes de um posto de combustíveis de Xanxerê

23 de agosto de 2018 18:32
Animais , Comunidade , Lance Notícias , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Cão é xodó de clientes e funcionários de posto de combustíveis e ganha até crachá Fotos: Alessandra Bagattini/Lance Notícias

De todos os funcionários, ele é o que mais chama atenção. Pulando, latindo e até mesmo atrapalhando a passagem dos veículos, o Confusão, tem um espaço especial no coração de vários clientes de um posto de combustíveis de Xanxerê.

Natural de Faxinal dos Guedes, ele foi adotado pela equipe há quatro anos e desde então se tornou funcionário do posto com direito a crachá de identificação.

“O Confusão foi achado em Faxinal dos Guedes, mas a pessoa que achou ele, não queria ficar, então um cliente nosso viu, trouxe ele para Xanxerê e pediu se queríamos ficar com ele e desde então o cão está aqui”, diz o proprietário do posto, Edson Zape (Timão).

 

 

Rosicler Sandri, funcionária do posto, é uma das responsáveis pela alimentação do Confusão, ela comenta que há clientes que vão até lá só para dar um oi para o animal. “Chega até ser engraçado, tem pessoas que vem aqui só para ver ele. O Confusão faz parte da equipe, todo mundo ama e cuida dele”.

O nome do animal é justamente pelas suas atitudes. “Todos que chegam no posto vão direto brincar com ele e por ele fazer muita bagunça, latir para os clientes e ficar correndo de um lado para outro, não tínhamos nome melhor para dar (risos)”, diz Rosi.

Além de chamar a atenção, Confusão gosta também de passear. “De noite, depois que fechamos o posto, ele sai passear. Foge da casinha e sai. Mas, de manhã cedo, quando está na hora de iniciar o expediente, o Confusão já está aqui”.

Porém, um fato triste aconteceu nas últimas semanas, Confusão foi atropelado, e agora recebe acompanhamentos de um médico veterinário. “Ele está passando por tratamentos porque ele foi atropelado, por isso está meio caidinho, mas logo ele se recupera e vai voltar à rotina normal”.

Para comprovar que o cão tem um espaço especial no coração da equipe do posto, um grupo no WhatsApp leva e seu nome e sua foto.

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais