Casa Solidária deverá ficar pronta em poucas semanas para acolher moradores de rua

25 de abril de 2019 09:49 | Visualizações: 1135
Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Casa Solidária deverá ficar pronta em poucas semanas para acolher moradores de rua Foto: divulgação

A Casa Solidária São Francisco de Assis está praticamente pronta, em Xanxerê. Ela está sendo construída em um terreno que foi doado por uma família, no Barro Preto, às margens da SC-480 e com a ajuda da comunidade ela deverá atender cerca de 20 pessoas moradoras de rua ou em situação de rua.

A Casa é um projeto da Associação SOS Vida Nova, do Paraná, em parceria com a Paróquia Senhor Bom Jesus da Coluna, de Xanxerê e o Lions Clube Inovação. Segundo o pároco, Claudir Meoti, quando os trabalhos forem concluídos, um evento de inauguração deve ser feito.

– Estamos finalizando, colocando os vidros, os acabamentos. Pretendemos fazer um momento marcando o início das atividades, mas ainda não temos a data, assim que a estrutura estiver pronta iniciaremos os trabalhos. O ambiente dará para atender cerca de 20 homens. Já temos dois acolhidos – detalha.

O padre comenta ainda que eles já aguardam uma rotatividade na casa, pois, os moradores serão convidados a fazer parte do projeto e depende deles aceitar ou não.

– A missão é em Pato Branco, Chopinzinho e Xanxerê então há esse intercâmbio. O processo precisa também passar por um entendimento, convencimento dos irmãos. Não é um espaço compulsório, é necessário ter o convencimento. Vai ter aqueles que irão e ficarão dois dias e depois voltarão para as ruas, outros que decidirão ficar e fazer todo o processo para se libertar do vício, é a dinâmica da casa – comenta.

Para concretizar o trabalho, a casa ainda conta com o apoio de várias frentes de trabalho como da Assistência Social do município.

– Junto com isso tem que vir uma série de coisas, estamos criando parcerias com a Assistência Social, com o Caps, é instável. Mas, certamente, vagas de sobra não teremos, essa é uma realidade muito forte. Mas, vai dar certo – finaliza.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais