Casal de Xanxerê volta para África para se dedicar ao trabalho voluntário

26 de dezembro de 2017 11:45
Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Casal de Xanxerê volta para África para se dedicar ao trabalho voluntário Fotos: divulgação

O casal de Xanxerê, Leonardo Schielich e Fabíola Ferreira, embarcaram mais uma vez com destino à Guiné-Bissau. O objetivo é ajudar. O casal participa do projeto do Instituto da Base Gênesis, que leva o trabalho voluntário para Guiné-Bissau, no continente Africano. O país africano é o 6º país com menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do mundo.

O objetivo dos voluntários é levar atendimento médico e odontológico aos moradores daquela localidade, além de construir uma igreja e difundir o cristianismo no país.

“De Santa Catarina somos eu e meu esposo, por enquanto somos em nove aqui, mas até o dia 03 de janeiro chega o restante da equipe, ao todo somos em 27 entre enfermeiros, dentistas, médicos, professores, psicólogos, engenheiros. A construção da igreja já começou. Através do Evangelho de Cristo, levamos esperança para muitos que ainda nem ouviram falar de Jesus”, explica Fabíola.

Igreja que está sendo construída (Foto: divulgação)

 

O projeto existe desde a década de 80 e muitos se converteram ao cristianismo e pararam principalmente com os sacrifícios que já não acontecem na capital, apenas em cidades do interior. Os sacrifícios são normais para a cultura regional daquele país, inclusive com bebês recém-nascidos, animais.

“Temos o apoio do Instituto Base Gênesis e o Africa Volunteers Now. A maior parte financeira vem de patrocinadores particulares, pessoas que gostariam de participar do voluntariado e ajudam através de doações. Criamos uma fan page para os doadores e quem quiser acompanhar nossos projetos no Facebook”, finaliza Fabiola.

Acompanhe o dia a dia do Casal pela página clicando AQUI.

 

Esta é a segunda vez que o Casal vai até Guiné-Bissau, a primeira vez foi em dezembro de 2016.

Relembre:

Casal de Xanxerê participa de projeto voluntário na África levando atendimento médico, odontológico e espiritual

 

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais