Caso de mulher encontrada morta no centro de Xanxerê segue sem solução

17 de agosto de 2018 15:37
Polícia , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Caso de mulher encontrada morta no centro de Xanxerê segue sem solução Local onde o corpo foi encontrado (Foto: PM)

Terezinha Luiz dos Santos, de 38 anos, foi encontrada morta em Xanxerê, com sinais de brutalidade, já que ela tinha parte do corpo queimado. Seis meses depois, o caso ainda não foi solucionado e ninguém foi preso.

De acordo com o delegado Vinícius Buratto Iunes, da Divisão de Investigação Criminal (DIC), de Xanxerê, há quatro suspeitos. Pelo que foi apurado até o momento, a vítima teve relações sexuais antes de ser morta.

“Foi colhido material genético da vítima e esperma de quatro suspeitos. A vítima teve relações sexuais, não dá para dizer que foi estupro, colhemos material genético e estamos aguardando o retorno do laudo pericial do IGP”, comenta o delegado.

O prazo legal para a entrega do laudo por parte do Instituto Geral de Perícia (IGP) é de 30 dias. “O prazo legal é 30 dias, mas como a demanda é muito grande, pode passar”, finaliza.

 

Leia mais sobre o caso:

Delegado fala sobre caso de mulher encontrada morta em Xanxerê


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais