Centro de Especialidades Odontológicas: Municípios da região aguardam atendimento

28 de abril de 2016 15:03
Comunidade , Saúde Compartilhar no Whatsapp
Centro de Especialidades Odontológicas: Municípios da região aguardam atendimento CEO está localizado na Avenida Brasil (Foto: Patrícia Silva/Lance Notícias)

Há pouco mais de um ano, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) está atendendo em Xanxerê, na Avenida Brasil. A obra do Governo Federal, foi construída para atender toda a região da Amai, porém atende hoje apenas Xanxerê e o motivo, segundo a secretaria de saúde do município é a falta de recursos para manter o local.

Em contato com a secretaria de saúde de Xaxim, que seria uma das cidades beneficiadas com atendimentos no CEO, se teve a informação de que a comunidade não tem atendimento especializados em odontologia.

“Primeiro nós iriamos ter atendimento especializado em Chapecó, mas não conseguimos, agora com Xanxerê o mesmo problema. A secretaria de saúde nos passou a informação de que poderíamos iniciar os agendamentos de Xaxim a partir de 1º de março, mas quando liguei no CEO para agendar nos disseram que havia sido cancelado e que o atendimento seria apenas para Xanxerê. O motivo alegado era de que não tem profissionais o suficiente para atender toda a região”, explica Ana Paula Pegoraro, Coordenadora da odontologia de Xaxim.

O Lance Notícias entrou em contato com a secretaria de saúde de Xanxerê que apresentou outra versão para a atual situação. “A manutenção do CEO gera um custo muito alto hoje para o município, em torno de R$70 mil e o repasse do Governo Federal é de R$ 8 mil e os outros municípios da região da Amai não apresentaram interesse em auxiliar nas despesas mensais, por conta disso, nós estamos atendendo somente Xanxerê”, comentou a secretária de Saúde, Cleci Zanin.

Xaxim alega que não recebeu pedido de auxílio financeiro

Todavia, Ana Paula, da Secretaria de Saúde de Xaxim, comenta que o município não teve essa informação. “Em momento algum nos disseram que o problema era que Xaxim não auxiliaria com as despesas, inclusive não recebemos essa informação, apenas nos disseram que o valor que vem do governo federal é apenas para o município de Xanxerê”, salienta Ana Paula.

O CEO foi instalado em 2013 em Xanxerê com recurso oriundo do Governo Federal, R$ 40 mil para a instalação, mais os equipamentos, porém no ano seguinte foi fechado por falta de recursos. Há cerca de um ano o CEO foi reaberto, mas em novo endereço alugado, agora na Avenida Brasil, onde presta atendimento com quatro dentistas e dois técnicos.

 


Por: Direto da Redação

Deixe seu comentário

Saiba Mais