Chuva forte e vento causam destelhamentos em Xaxim

25 de abril de 2016 08:31
Clima , Comunidade Compartilhar no Whatsapp
Chuva forte e vento causam destelhamentos em Xaxim Corpo de Bombeiros orientam as pessoas a não subir nas casas durante a chuva (Foto: Felipe Dorneles/imagem meramente ilustrativa)

 

As últimas horas foram marcadas por mudanças drásticas no clima de todo o Oeste do Estado. Em Xanxerê a madrugada desta segunda-feira (25) foi marcada por chuva forte acompanhada de vento. De acordo com marcação do pluviômetro da Cemaden (centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais), nas últimas 24 horas choveram 30 mm em Xanxerê.

O Corpo de Bombeiros segue em alerta, já que o município de Xaxim registrou destelhamentos, principalmente na Rua Severino Tonini, no Bairro Frei Bruno. O Corpo de Bombeiros distribuiu lonas para as famílias, não tiveram vítimas.

A Epagri Ciram registrou ventos máximos em Chapecó, às 06 horas, 96.6 km/h; Xanxerê, às 06 horas, 79.5 km/h; Urupema, às 05 horas, 80.1 km/h; Laguna, às 07 horas, 82.4 km/h; em Bom jardim da Serra (Morro da Igreja), às 03 horas, 103.3 km/h.

 

O que são Vendavais?

São perturbações marcantes no estado normal da atmosfera. Deslocamento violento de uma massa de ar, de uma área de alta pressão para outra de baixa pressão. Os vendavais, também chamados de ventos muito duros, correspondem ao número 10 na escala de Beaufort, compreendendo ventos cujas velocidades variam entre 88,0 a 102,0 km/h.

O que eu posso fazer antes da ocorrência do vendaval?

Revise a resistência de sua casa, principalmente o madeiramento de apoio do telhado;
Desligue os aparelhos elétricos e o gás;
Abaixe para o piso todos os objetos que possam cair.

E Depois da ocorrência do vendaval o que posso fazer?

Ajude na limpeza e recuperação da área onde se encontra, começando pela desobstrução das ruas e outras vias;
Ajude seus vizinhos que foram atingidos;
Evite o contato com cabos ou redes elétricas caídas. Avise a Defesa Civil ou Bombeiros sobre estes perigos;
Procure não utilizar serviços hospitalares, de comunicações, a não ser que necessite realmente. Deixe estes serviços para os casos de emergência.

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais