Colégio cívico-militar poderá ser implantado em Xanxerê

22 de maio de 2019 08:37 | Visualizações: 2527
Bombeiros , Educação , Polícia , Política Compartilhar no Whatsapp
Colégio cívico-militar poderá ser implantado em Xanxerê Foto: Divulgação

O Corpo de Bombeiros de Xanxerê apresentou ao prefeito do município, Avelino Menegolla, um projeto para a criação de um colégio cívico militar. O plano é do Governo Federal e já vem sendo trabalhado no estado da Bahia e, em Santa Catarina a partir do segundo semestre desse ano inicia-se nos municípios de Chapecó e Itajaí. Conforme o comandante do 14º Batalhão dos Bombeiros, tenente-coronel Walter Parizotto, bombeiros e policiais militares atuariam em uma escola e acompanhariam o processo disciplinar.

O objetivo desse projeto é atingir alunos do 6º ao 9º ano. Uma escola seria escolhida para iniciar esse projeto, sendo que pais dos alunos teriam a opção de possibilitar isso ao seu filho ou não.

– É um projeto em parceria com o município onde a Prefeitura faz a gestão pedagógica e o militarismo entra com a parte disciplinar e de monitoria. Para isso montaríamos uma equipe de bombeiros e policiais militares para conduzir esse processo. Essa disciplina é mais focada com aulas voltadas para o civismo – explica o comandante.

As cidades escolhidas são onde possuem Batalhões dos Bombeiros. Caso o poder público não aceite encampar a ideia, a proposta será levada para outros municípios do Estado.

Conforme o prefeito do município, Avelino Menegolla, a proposta apresentada o pegou de surpresa, porém será avaliada por ele e equipe da Secretaria Municipal de Educação da possibilidade de iniciar com um projeto experimental no segundo semestre.

– É um estudo que vamos fazer a partir de agora se é possível aderir esse convênio com os bombeiros, mas no meu ponto de vista isso seria muito importante para disciplinar as nossas crianças e adolescentes – finaliza.


Por: Carol Debiasi

Deixe seu comentário

Saiba Mais