Coluna Viver Bem: Minha Imunidade é baixa Dra!

31 de agosto de 2018 07:45 | Coluna Bem Viver Compartilhar no Whatsapp
Coluna Viver Bem: Minha Imunidade é baixa Dra!

Olá pessoal, certamente vocês já devem ter ouvido alguém falar que tem a imunidade baixa, certo? Hoje resolvi esclarecer o que é essa tal imunidade e também darei algumas dicas de como aumentá-la.

Primeiramente, o que é imunidade? Bom, Imunidade é um termo genérico que designa uma série de mecanismos presentes no organismo humano que têm como função realizar a defesa do corpo contra a invasão de agentes patogênicos, tais como vírus, bactérias e protozoários, quando estamos com o sistema imunológico fragilizado ou com a imunidade baixa, normalmente, isto ocorre por conta de uma doença crônica ou passageira. A doença mais conhecida que provoca baixa imunológica é a Aids (síndrome da imunodeficiência adquirida), mas também a desnutrição, o câncer, a anemia, lúpus, obesidade e alguns hábitos de vida, tais como sedentarismo, tabagismo, consumo exagerado de álcool, estresse, distúrbios do sono, quadros de depressão e má alimentação reduzem as defesas do organismo, tornando o corpo mais suscetível a infecções bacterianas e virais, entre outras.

Uma forma de saber se a imunidade está baixa é observar a presença de alguns sintomas que podem indicar que as defesas do organismo estão fracas, tais como:

  • Infecções frequentes (amigdalites, herpes, gripes);
  • Demora para ficar curado de doenças;
  • Infecções pequenas que facilmente pioram;
  • Febre recorrente e calafrios;
  • Muito cansaço;
  • Náuseas; Vômitos;
  • Diarréias frequentes.

Ao notar sintomas de baixa imunidade ou apresentar doenças e fatores de risco que enfraquecem o sistema imunológico, é preciso procurar o médico e  alguns exames de sangue vão ser necessários para o diagnóstico, contudo, o tratamento é mais simples do que vocês pensam, ele é feito com alterações na alimentação, e prática regular de atividade física, isso mesmo, pessoas com hábitos alimentares saudáveis têm mais resistência contra doenças infecciosas.

Alguns nutrientes são de extrema importância, e devem ser adicionados a sua dieta,  como o ferro, cálcio, zinco, selênio, as vitaminas A, E, C, D, complexo B, ácido fólico e antioxidantes como flavonoides, quercetina e glutationa.

Esclarecido isso, seguem algumas dicas então para aumentar a sua Imunidade:

  • Tenha uma alimentação saudável e balanceada diariamente!
  • Consuma bastante vitamina, principalmente as vitaminas C, A e E.
  • Coma mais Ômega 3, pois ele auxilia as artérias a permanecerem longe de inflamações, ajudando a imunidade do corpo.
  • Beba bastante água ou água de coco para manter o corpo hidratado.
  • Pratique atividades físicas regularmente, pelo menos três vezes por semana de 30 a 40 minutos.
  • Mantenha as mãos sempre limpas e evite colocá-las na boca.
  • Cultive hábitos de higiene bucal, como escovar os dentes após as refeições e usar fio dental.
  • Mantenha a casa limpa e arejada.
  • Evite o estresse, pois o nervosismo faz o organismo liberar hormônios com atividade imunossupressora.
  • Tenha boas noites de sono. Poucas horas de sono ou noites mal dormidas aumentam o nível de estresse do organismo e reduzem a imunidade.
  • Inclua alimentos em sua dieta como: mamão, beterraba, manga, damasco, maçã, pera, figo, semente de linhaça, sardinha, atum e abacate.
  • Morango: rico em vitamina C, o morango ajuda no fortalecimento das células de defesa do corpo.
  • Tomate: composto de vitamina A, é importante na manutenção da integridade das células do sistema imunológico.
  • Iogurte natural: tem probióticos importantes que auxiliam nas células do sistema imune.
  • Gengibre: fortalece o sistema imunológico por ser rico em antioxidantes e possuir propriedades antissépticas, antibacterianas.
  • Sementes de girassol: possuem grande quantidade de vitamina E, que ajuda a proteger as células do corpo contra substâncias tóxicas.

Obrigada e até semana que vem!

Dra Daiana Dambroso

 

 


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais