Combate à violência: projeto Polícia Civil por Elas nas Escolas será realizado em Xanxerê

15 de agosto de 2019 14:00 | Visualizações: 84
Comunidade , Polícia , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Combate à violência: projeto Polícia Civil por Elas nas Escolas será realizado em Xanxerê Foto: Polícia Civil

O projeto Polícia Civil por Elas nas Escolas será realizado em Xanxerê. O trabalho será desenvolvido pelo delegado de polícia e psicólogos da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami).

A iniciativa contempla atividades de reflexão e combate à violência contra as mulheres entre adolescentes das instituições de ensino dentro das ações do Agosto Lilás, do Governo de Santa Catarina.

Os temas serão apresentados aos adolescentes por meio de dinâmicas e rodas de conversa. Ao todo serão cinco reuniões de duas horas cada. O objetivo é que os participantes, ao final do encontro, estejam sensibilizados para debater o tema da violência contra a mulher, bem como outros assuntos cotidianos como tarefas domésticas e questões de desigualdades nas relações.

De acordo com o delegado regional de polícia de Xanxerê, Adilson Bressan, um cronograma para realização das atividades será elaborado pela Dpcami do município.

– Xanxerê será contemplado. Antes disso, vamos sentar com o delegado de polícia da Dpcami e estudar um cronograma que em breve será divulgado – explica.

De acordo com a coordenadora das Dpcamis de Santa Catarina, delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila, é necessário, principalmente, realizar abordagens em torno de relacionamento abusivo, e também fazer a identificação de casos e denúncias.

– A ideia é mudar a cultura e isso começa com a mudança do padrão de comportamento da nova geração. É importante trabalharmos já na adolescência, quando eles começam a se relacionar, para não termos a repetição de comportamento de alguns adultos, que às vezes presenciam ou têm conhecimento de situação de violência – comenta.

Serão 12 reuniões nos seguintes municípios: Itajaí, Balneário Camboriú, Joinville, Camboriú, Tubarão, Criciúma, Chapecó, Jaraguá do Sul, Florianópolis, Xanxerê, Lages e Palhoça. Depois, a ideia é que o projeto seja ampliado a todo o estado. As atividades se baseiam em uma programação de cinco encontros para trabalhar eixos relativos à temática do machismo, relacionamentos abusivos, tipos de violência e construções sociais em torno do masculino e feminino.

 

 

O PC Por Elas

O programa Polícia Civil por Elas nasceu em 2018 por meio da Coordenadoria das Dpcamis e de políticas públicas voltadas ao público LGBT. A ideia foi ampliar a atuação da Polícia Civil no enfrentamento à violência contra as mulheres, em razão do crescente número de registros em todo o País.

O objetivo é integrar os serviços da instituição para atuação em diferentes propostas e garantir a prevenção até o atendimento adequado às mulheres e famílias reféns de violência. Há atividades como atendimentos individuais e em grupos.

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais