“Compaixão”, diz mulher que cuida mais de 30 cães abandonados em Xanxerê

13 de julho de 2017 15:55
Animais , Comunidade , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
“Compaixão”, diz mulher que cuida mais de 30 cães abandonados em Xanxerê Os animais recebem alimento pela manhã, quando estão todos em frente a residência de Antônia. (Fotos: Rafaela Forchesatto/Lance Notícias)

“Eu vejo pelo olhar que eles estão pedindo ajuda”, diz a xanxerense Antônia Veber, que resgata e cuida de animais das ruas do município. Atualmente, cerca de 30 cães recebem alimentação em sua residência, localizada no Condomínio João de Barro. Ela tem o apoio do Grupo Bem Estar Animal de Xanxerê.

“Hoje eu cuido em média de 30 cães, tem dias que tem menos e tem dias que tem mais. Eu sempre gostei de animais, eles vieram aparecendo e eu fui cuidando. Muitos foram deixados na frente da minha casa. Eu vejo no olhar deles que eles estão pedindo ajuda”, diz.

Antônia, de 57 anos, comenta que vê os animais como filhos dela. “Eu sinto muito carinho por eles, é como se fossem meus filhos. Sinto muita compaixão. Eu moro aqui há cinco anos e recebo ajuda do pessoal do Bem Estar Animal, mas nem sempre eles conseguem me ajudar. Eles fazem bazar, feira, rifa e um pouco que sobra eles me dão”.

Antônia, cuida ainda de dois netos. A família se mantém com R$ 250,00 mensais. “Tenho três filhos, mas já são casados, cuido dos meus netos. Os cães são minha companhia”.

Construção do canil

Antônia, busca ajuda para construir um canil. Segundo ela, o objetivo é abrigar os animais durante dias de chuva e de frio.

“Tenho um sonho de construir um canil. Eu tenho o espaço na minha casa, eu preciso apenas dos materiais. Eu quero abrigar os cães em dias de chuva e de frio. Quero dar um lugar para eles, já que hoje eles ficam nas ruas”.

A moradora salienta ainda que pretende construir um canil com cinco alas. “Eu quero um canil com aproximadamente cinco alas, para assim conseguir abrigar todos os animais que alimento”.

Ajuda

Além de ajuda para a construção do canil e com compra de rações, Antônia pede ajuda com a compra de alimentos para ela mesmo, já que foi diagnosticada com câncer no estômago.

“Eu tenho um câncer no estômago e me alimento só com líquidos, então se alguém puder me ajudar com alimentos para mim, para os meus cães e na construção do canil, ficarei muito feliz”.

Você que pode e quer ajudar, Antônia reside no loteamento João de Barro, no Bairro Vila Sésamo, em Xanxerê.  O telefone para contato é 49 9 9930-5275.

 

Os animais recebem alimento pela manhã, quando estão todos em frente a residência de Antônia.

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais