Concurso de jardins com materiais recicláveis é realizado em escolas de Xanxerê

A escola com o jardim eleito, será premiada com R$400,00

19 de setembro de 2018 11:26
Comunidade , Lance Notícias , Meio Ambiente , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Concurso de jardins com materiais recicláveis é realizado em escolas de Xanxerê Concurso de jardins com materiais recicláveis é realizado em escolas de Xanxerê. (Foto: Divulgação)

A partir desta quinta-feira (20), até a segunda-feira (24), estarão expostos na Praça Tiradentes, de Xanxerê, 13 jardins. Os mesmos foram confeccionados por alunos de escolas do município e contemplam o 1º Concurso Escolar Florir e Educar, que é realizado pelo projeto Cores e Sons em Movimento.

De acordo com Patricia Gehlen, arquiteta e urbanista, o objetivo do evento é aproximar os alunos do meio ambiente. “O concurso visa proporcionar aos alunos das escolas públicas municipais e estaduais da cidade de Xanxerê, o contato direto com o meio natural, a utilização dos materiais recicláveis, flores e plantas de maneira criativa, a estimulação dos mesmos no que se trata de consciência ecológica e ambiental, além de frisar a importância da reutilização do lixo reciclável”.

As escolas que realizam as inscrições, terão que elaborar um projeto paisagístico, de modo a embelezar a escola, utilizando materiais recicláveis em harmonia com flores e plantas, e ainda, devem enfatizar a importância de cuidar da natureza e também de possuir hábitos ecologicamente corretos.

“Todas as escolas puderam participar do concurso, sendo que cada escola poderá concorrer com apenas um jardim. O mesmo deverá ser montado e exposto na Praça Tiradentes, entre os dias 20 a 24 de Setembro. Cada escola participante recebeu o valor de R$200,00 referente à compra de ferramentas, flores, insumos e demais materiais necessários para a confecção do jardim”.

O jardim que atingir os critérios necessários como utilização de materiais recicláveis e ecologicamente corretos, respeitar a harmonia entre plantas e elementos considerando cores, tamanhos e disposições, além da criatividade na busca de soluções para o melhor desenvolvimento, será o escolhido. A comissão avaliadora, será composta por no mínimo quatro integrantes, profissionais das áreas de arquitetura e meio ambiente.

A escola com o jardim eleito, será premiada com R$400,00. A escolha ocorre no domingo (23), durante o evento realizado na Praça Tiradentes.

A equipe organizadora do evento é comporta por: Neiva Wustro – organizadora/patrocinadora; Patricia Gehlen – arquiteta e urbanista; Inayá Quezada – arquiteta e urbanista e Gabriela Possamai – arquiteta e urbanista.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais