Confira como funciona para deficientes físicos tirarem a CNH

4 de dezembro de 2018 10:23 | Comunidade , Estrada , Indústria , Segurança , Social , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Confira como funciona para deficientes físicos tirarem a CNH Foto: Revista Exame

Com a tecnologia avançando diariamente, diversas pessoas com deficiências físicas conseguem adaptar os veículos para se locomover pela cidade. Um exemplo aqui em Xanxerê, é o cadeirante Paulo Ferronato, que possui uma motocicleta adaptada para entrar com a cadeira de rodas. A empresa que construiu a moto é da cidade de Campo Grande (MS). Segundo Paulo, Xanxerê não possui nenhuma empresa especializada na construção ou adaptação destes veículos.

O procedimento para retirar a CNH para pessoas com deficiência física, inicia com uma avaliação médica, que vai apontar se ele pode dirigir ou não. Caso a pessoa seja aprovada, em seguida são avaliadas as necessidades de adaptação no veículo para realizar as aulas da autoescola e futuramente dirigir.

Emerson Chittó é advogado e proprietário de autoescola em Xanxerê e explica que após o exame médico, as autoescolas são obrigadas a providenciar as adaptações necessárias para que aluno consiga realizar as aulas.

– Depois dos exames é providenciado o veículo, a pessoa realiza todos os outros exames médicos, provas teóricas e as aulas práticas com o veículo adaptado. Inclusive hoje eu tenho uma menina que tem uma deficiência em uma perna e está fazendo as aulas normalmente – pontua Emerson.

Depois de aprovada na autoescola, a CNH da pessoa com deficiência vem com uma letra específica que indica qual os usos obrigatórios para ela dirigir.

– Ainda no exame médico, ele vai definir quais os tipos de carros que a pessoa pode dirigir ou qual a adaptação necessária. E essa especificidade vai estar na carteira da pessoa – ressalta.

Caso a pessoa seja parada em uma blitz pela Polícia Militar, e não tenha a adaptação prescrita na CNH, ou não esteja dirigindo um veículo próprio para as suas condições, a pessoa será multada, como se não possuísse uma CNH e o carro é apreendido ou retido.

– A pessoa deve usar a adaptação que está na CNH. E essa lei vale para todas as pessoas, por exemplo, se a pessoa necessita fazer uso de óculos, está escrito na CNH, e ela é apanhada pela polícia sem as lentes, ela tem o carro retido e é multado. Multa gravíssima de sete pontos – finaliza.


Por: Karina Ogliari

Deixe seu comentário

Saiba Mais