Conseg realizará abaixo-assinado reivindicando implantação de Batalhão em Xanxerê

27 de julho de 2017 13:57
Comunidade , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Conseg realizará abaixo-assinado reivindicando implantação de Batalhão em Xanxerê O abaixo-assinado será realizado em toda a região. (Foto: Divulgação)

Mesmo com sinal positivo do Governo de Santa Catarina de que processo de implantação de Batalhão de Polícia Militar de Xanxerê Fronteira está em andamento, o Conselho Comunitário de Segurança Xanxerê buscará pressionar lideranças políticas.

Em reunião ordinária realizada na Sede da Associação de Moradores do Bairro Veneza em Xanxerê, na noite desta quarta-feira (26), conselheiros decidiram por unanimidade iniciar processo e convidar a sociedade civil organizada através das associações de moradores, empresas e outros Consegs da região, coletar assinaturas, bem como identificar qual parcela da população deseja que o efetivo policial na região seja ampliado.

De acordo com Paulo Ferronatto, membro do Conseg e da Associação de Moradores do Bairro Veneza e centro, idealizadores do abaixo-assinado, atitude é necessária para que implantação saia do papel. “Sabemos que há cerca de quatro meses que processo de implantação está em andamento, confirmado em recente audiência na ADR de Xanxerê, porém falta assinatura do Governador e para que não fique apenas na promessa e sensibilizar o governo pela necessidade da implantação  é que vamos realizar esta consulta a nossa população”.

Para a presidente do Conseg Xanxerê, Nalu Savaris, a atitude vai legitimar o projeto de implantação. “A população deseja mais investimentos e mais policiais nas ruas para conter a violência isto é fato, o abaixo-assinado vai referenciar isto, acreditamos na grande adesão da população em geral, empresários e liderança políticas de toda a região. Vamos convidar conselheiros de toda a região num esforço que vai beneficiar os municípios dentro da abrangência do Batalhão a ser implantado em Xanxerê”, diz.

Coletivo de Mulheres

A reunião contou ainda com importante explanação das integrantes do Coletivo de Mulheres Janete Cassol. As representantes da ONG, Karen Kristina Kirchner e Bruna Pompermayer, apresentaram ações que grupo vem realizando e projetos para combater a violência contra a mulher no município.

Como as reuniões do Conseg são sempre abertas ao público, a diretoria fez convite para que as representantes estejam sempre presentes as mesmas como forma de oferecer informação e firmar parcerias. “Toda a sociedade pode e deve participar, sejam representantes de clubes de serviço, entidades de classe e associações de moradores, desta maneira podemos auxiliar dentro das atribuições do conselho, a promover ações para cada vez mais melhorar a segurança em nossa cidade”, destacou Nalu Savaris.

Texto Assessoria de Imprensa

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais