Construída em 1959, Capela da Linha Sede Roseira guarda a história da comunidade

4 de janeiro de 2019 11:27
Comunidade , Lance Notícias , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Construída em 1959, Capela da Linha Sede Roseira guarda a história da comunidade Foto: Cissa Rosa

Construída em 1959, a Capela Sagrado Coração de Maria guarda a história da comunidade da Linha Sede Roseira, interior de Xanxerê. A estrutura é toda de madeira e foi construída com doações dos membros da localidade.

Na época, segundo Marcia Ribeiro Caus, as doações eram feitas por meio de milho ou soja, que eram vendidos e o valor era revertido para a Capela, que foi construída em homenagem ao Sagrado Coração de Maria.

– Ela foi construída há anos. Na época da construção, cada membro da comunidade doava um utensílio. O sino, por exemplo, foi comprado com doações de sacos de milho, foi tudo com doações – relembra a ministra da Capela.

O local é tombado como Patrimônio Histórico do município e, por isso, não pode sofrer alterações em sua estrutura. Atualmente, as manutenções são realizadas pelos próprios membros da comunidade.

– A nossa igreja é tombada como Patrimônio Histórico e hoje ela está bem danificada, principalmente a parte do altar. Mas, ela é toda de madeira por dentro, os bancos, tudo. Hoje em dia fazemos a limpeza e pintura dela, mas não podemos mudar a estrutura – diz.

O projeto para tornar o local como Patrimônio entrou em vigor em 2004, na época o prefeito de Xanxerê era Avelino Menegolla.

– Foi um vereador, que morava na comunidade, que propôs que o local fosse tombado como Patrimônio Histórico de Xanxerê. Nós, que residimos lá, ficamos sabendo só depois. Hoje, esse vereador, acredito, que não mora mais aqui – conta.

Cuidados com a estrutura

A diretora de Cultura, Aguinetes Barfknecht, comenta que o local recebe cuidados da comunidade e também da Prefeitura.

– Quando é tombada como patrimônio é uma parte da Prefeitura e outra da comunidade. Mas, ela não está abandonada, eles usam a Capela para dar catequese, fazer encontros. Quando se tem um Patrimônio tombado, não se pode mudar a estrutura. Lá, foi feita uma manutenção há muito tempo, mas neste ano a ideia é visitar todos os patrimônios de Xanxerê e ver quais as necessidades dos locais – comenta.

Xanxerê possui quatro Patrimônios Históricos, sendo: Plátano da Igreja Matriz, a Capela da Sede Roseira, Casa da Cultura Maria Rosa e os Ipês da Rua Victor Konder.

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais