Das 500 famílias beneficiadas, 25 tem Bolsa Família cancelado em Xanxerê

9 de novembro de 2016 08:35
Comunidade , Economia , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Das 500 famílias beneficiadas, 25 tem Bolsa Família cancelado em Xanxerê (Foto: Luis Nassif)

O Programa Bolsa Família passa por uma grande verificação em todo o país, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) encontrou inconsistências em 1,1 milhão dos cerca de 13,9 milhões de benefícios pagos pelo governo federal. O resultado se deve ao aprimoramento dos mecanismos de controle do programa, que teve a sua base de dados ampliada para verificação permanente da renda das famílias. Em Xanxerê cerca de 500 famílias são beneficiadas pelo programa, destas, ocorreu o bloqueio de 34 benefícios cadastrados e ainda o cancelamento de 25.

Segundo a secretária de assistência social, Luciana Balbinot Contini, as visitas para verificação estão sendo feitas “a técnica ainda está fazendo as visitas, o número total ainda não sabemos porque as visitas não foram concluídas, mas a princípio tinha 35 famílias que ela estava visitando, destas não sabemos se todas estão em condição de cancelamento ou de bloqueio”.

Critérios

O benefício foi cancelado nos casos em que a renda per capita da família ultrapassou R$ 440. Já o bloqueio foi adotado para os beneficiários que apresentaram renda entre R$ 170 e R$ 440. Segundo Terra, as famílias que tiveram o repasse bloqueado devem procurar a gestão municipal do Bolsa Família para comprovar que estão dentro das regras do programa.

Apuração

O pente-fino teve início em junho deste ano, a pedido do ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, que está à frente da pasta desde maio. Além do MDSA, a iniciativa envolve o INSS; Casa Civil da Presidência da República; Ministério da Fazenda; Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão; Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União e Caixa Econômica Federal.

As rotinas de controle do Bolsa Família incluem ainda batimentos complementares com informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Tribunal de Contas da União (TCU). A meta do MDSA é ampliar ainda mais as ferramentas de controle, a fim de qualificar o acesso ao programa. A intenção é garantir que o benefício seja destinado a quem realmente precisa.

Programa

O Bolsa Família é voltado para famílias extremamente pobres (renda per capita mensal de até R$ 85) e pobres (renda per capita mensal entre R$ 85,01 e R$ 170). Ao entrarem no programa, as famílias recebem o benefício mensalmente e, como contrapartida, cumprem compromissos nas áreas de saúde e educação. O valor repassado a cada família depende de fatores como o número de membros, a idade de cada um e a renda declarada no Cadastro Único.

Confira a lista dos beneficiários AQUI.

 

Informações Ministério do Desenvolvimento Social  

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais