Defesa Civil autoriza construção da torre que abrigará o radar meteorológico do Oeste

12 de outubro de 2016 08:26 | Clima , Comunidade , Tecnologia , Tornado , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Defesa Civil autoriza construção da torre que abrigará o radar meteorológico do Oeste O Radar em Chapecó deverá cobrir todo o Oeste (Foto: Divulgação)

O secretário da Defesa Civil de SC, Rodrigo Moratelli, esteve em Chapecó nesta terça feira (11) na Agência de Desenvolvimento Regional para assinar a ordem de serviço que autoriza a construção da torre do Radar Meteorológico Oeste. O investimento do Governo do Estado na construção da torre é de R$ 2,3 milhões. Também serão liberados mais R$ 10 milhões para a compra dos equipamentos que compõem o radar. A previsão é que o aparelho esteja funcionando até o mês de junho do ano que vem. A terraplenagem para o início das obras deve começar na semana que vem.

O Radar Oeste está sendo construído no Loteamento Desbravador, acesso à Linha Caravaggio. O terreno foi doado pela Prefeitura de Chapecó e a obra é executada pelo Governo do Estado. O Radar Oeste, vai monitorar as condições climáticas de 138 municípios da região e, juntamente ao radar de Lontras e o radar móvel – que está sendo adquirido por licitação e vai operar na região Sul do Estado -, completará a cobertura em 100% do território catarinense. O secretario Moratelli informou que SC é a segunda rota mundial de tempestades de vento e chuva e, por isso, é fundamental que que o Governo do Estado proporcione o monitoramento mais preciso.

O secretário Moratelli, informou  ainda, que a construção da torre é uma peça importante para a operacionalização do radar. A previsão é que a torre fique pronta até o mês de fevereiro do ano que vem. Em novembro deste ano, o secretário deve ir à Alemanha fazer a certificação e treinamento. Depois disso, no mês de fevereiro e março do ano que vem, as peças do radar devem ser montadas em Chapecó.

A torre é composta por um prédio com altura de cinco andares. Dentro dele, haverá salas de informática com os equipamentos de monitoramento. No último andar, será instalado o radar. No pátio, haverá espaço para heliponto e estacionamento e para abrigar a Coordenadoria Regional da Defesa Civil.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais