Delegado fala sobre piloto xanxerense preso em Manaus

11 de julho de 2019 18:31 | Visualizações: 1780
Comunidade , Polícia , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Delegado fala sobre piloto xanxerense preso em Manaus Foto: divulgação

Um piloto de avião foi preso nessa quarta-feira (10), em Manaus, durante a oitava fase da Operação Woodstock, deflagrada pela Polícia Civil de Santa Catarina, contra o tráfico de drogas. O piloto é xanxerense. As diligências acontecem na capital do Amazonas e mais três Estados: Santa Catarina, Paraná (Foz do Iguaçu) e Mato Grosso do Sul (Campo Grande).

A operação foi deflagrada pela Polícia Civil de Santa Catarina, mas contou com o apoio das polícias das regiões. Estão sendo cumpridos 22 mandados de busca e apreensão e 18 mandados de prisões temporárias.

O delegado da DIC de Chapecó, que esteve à frente das investigações, Rodrigo Moura, explicou sobre o andamento das investigações que apuraram que ele atuava como piloto comercial.

– A Polícia Civil de Chapecó, com apoio da Polícia de Xanxerê apurou que ele atua como piloto comercial. Antigamente ele morava em Xanxerê, a não muito tempo, e acabou indo para o estado do Amazonas, residindo em Manaus e trabalhando na região. Entretanto, as investigações revelaram que esse indivíduo havia feito uma negociação de cerca de 50kg de maconha com um alvo aqui de Chapecó, um dos nossos investigados, razão pela qual ele passou a ser investigado e foi preso na data de ontem. É uma prisão temporária expedida em Chapecó. Ele segue à disposição da Justiça e possivelmente terá a sua prisão convertida em preventiva se depender de fatos que sejam descobertos durante o processo – disse em entrevista ao Lance Notícias.

Na terça-feira (09), a Polícia Civil já havia realizado a sétima fase da Operação, quando foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão e presas sete pessoas, em Xanxerê e Xaxim. Trata-se de uma ação contra uma organização criminosa responsável pelo transporte de grandes carregamentos de drogas para a região Oeste de Santa Catarina. Desde 2018, foram apreendidas cerca de 11 toneladas de drogas em apreensões.

 

 

 

 

 

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais