Descarte incorreto de lixo e entulho no cemitério preocupa prefeitura

21 de fevereiro de 2018 11:08
Comunidade , Meio Ambiente , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Descarte incorreto de lixo e entulho no cemitério preocupa prefeitura Mesmo com a placa de proibição os entulhos são descartados de forma incorreta no local (Foto: Alessandra Oliveira/Lance Notícias)

Mesmo com placas sinalizando a proibição nas entradas do cemitério, o acúmulo de lixo nos arredores do local preocupa a administração e também moradores dos arredores. Isso porque, mesmo com caixas coletoras colocadas no local, muitas pessoas jogam lixo no lado de fora e o mesmo acaba ficando acumulado por vários dias até que a prefeitura consiga recolhê-lo.

Conforme o diretor municipal de agricultura, Edson Zape, o cemitério recebe manutenção e limpeza todos os meses e a caixa coletora de lixo colocada no lado de fora é esvaziada pelo menos a cada quinze dias. Entretanto, ele reclama da falta de conscientização das pessoas ao descartarem o lixo fora da caixa coletora.

“Fazemos essa limpeza regular no cemitério, mas o problema é esse lixo que o pessoal joga ali nos arredores. São restos de materiais de construção e também outros tipos de lixo, até mesmo recicláveis, lixo doméstico que o pessoal joga ali e que temos que deslocar máquina e pessoal para fazer o recolhimento disso e isso acaba aumentando o custo” comenta.

Os moradores do local reclamam sobre os resíduos que são descartados ali, até mesmo por moradores de outros pontos da cidade. Há ainda a preocupação quanto a água que acaba se acumulando no local, o que pode acabar se tornando um criadouro do mosquito Aedes aegypti, transmissor de diversas doenças.

Edson destaca que a prefeitura chega a gastar R$ 10 mil mensais com manutenção e limpeza do cemitério. Além disso, placas de identificação foram colocadas no local, indicando a proibição do descarte de lixo ali.

“Quem vai construir ou reformar o jazigo no cemitério é responsável pela retirada do material, mas isso não está acontecendo. Já tivemos reuniões com as funerárias e também os construtores do local, mas não está tendo essa colaboração. Por conta disso, nos próximos dias a prefeitura deve tomar providências quanto a isso com notificação e talvez até mesmo quem for flagrado não poderá mais fazer construções lá dentro” conclui Edson.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais