Dia mundial lembra a importância de denunciar casos de violência contra o idoso

15 de junho de 2016 08:50
Comunidade Compartilhar no Whatsapp
Dia mundial lembra a importância de denunciar casos de violência contra o idoso (Foto: Daniel Rocha)

O Dia Mundial da Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa é lembrado nesta quarta-feira, 15. De janeiro a novembro de 2015 foram recebidas no Disque Direitos Humanos (Disque 100) pelo Conselho Estadual do Idoso 779 denúncias de 142 municípios de SC. Destas, 587 foram por negligência; 387 são de violência psicológica; 263 por abuso financeiro e patrimonial; 195 por violência física; 42 medidas protetivas aplicadas em decorrência de situações de violência e 2 casos de violência sexual.

Para reforçar a importância de denunciar esses casos, os representantes do Conselho Estadual do Idoso participam do projeto “Idoso em Foco” no auditório da reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina a partir das 14h. Após o evento, o conselho irá distribuir um folder que informa como e onde denunciar casos de violência; além dos tipos de violência.

“A maior parte dos casso de violência ocorrem na família e os laços familiares dificultam a denúncia. E é preciso que os casos denunciados sejam acompanhados do início ao fim”, lembra a presidente do Conselho Estadual do Idoso, Edléia Schmidt.

Dos casos registrados, na grande maioria, as vítimas eram mulheres, totalizando 516 registros. Isto mostra que a mulher acaba sendo o segmento mais vulnerável durante todo o período da sua vida, merecendo uma atenção especial também quando envelhece. As violências tanto podem ocorrer no âmbito familiar quanto institucional, pois há registros de violência contra idosos também em Instituições de Longa Permanência para Idosos.

Segundo dados da Secretaria Especial de Direitos Humanos, no primeiro trimestre do ano passado foram registrados 7.645 denúncias no Brasil. Desde 2013, as violações mais recorrentes são: negligência, seguidos de violência psicológica, abuso financeiro e econômico e violência física. Qualquer pessoa pode ajudar a denunciar também ligando para o Disque 100.

No Brasil, existem quase 25 milhões de pessoas idosas. Isso representa 12,5% da população, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais