Dívida do Bem Estar Animal ultrapassa R$ 10 mil; ajude!

4 de julho de 2018 09:03
Animais , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Dívida do Bem Estar Animal ultrapassa R$ 10 mil; ajude! O Grupo Bem Estar Animal de Xanxerê pede mais uma vez a colaboração da comunidade. (Foto: Divulgação)

O Grupo Bem Estar Animal de Xanxerê pede mais uma vez a colaboração da comunidade. A entidade atende os casos de maus-tratos aos animais de rua do município e por ser composta apenas por voluntários, solicitada a ajuda da população para pagar as dívidas.

De acordo com o voluntário Claudecir Rodrigues, a dívida em uma clínica veterinária de Xanxerê, ultrapassa R$10 mil.

“A dívida acumulada hoje na clínica veterinária chega R$10.400,00. A gente conseguiu pagar R$ 800 com doações que recebemos e com produtos que a gente vem comercializando para angariar fundos. Mas esse valor é apenas na clínica veterinária, não contabilizando a pendência nas agropecuárias onde compramos ração, medicamentos e outros suprimentos para atendimento desses animais”, explica.

Atualmente o Grupo está com as atividades suspensas, porém ainda recebe pedidos de ajuda. “Recebemos diariamente dezenas de pedidos de ajuda. Pessoas que pedem ajuda para medicação para doenças, castrações, recolhimento de animais abandonados, atropelados e não podemos atender devido essas pendências que precisam ser pagas”.

Diante da situação a entidade pede pela ajuda da comunidade. “Precisamos muito da ajuda da comunidade, seja colaborando com a entidade, seja fazendo a sua parte quando vê um caso de maus-tratos, que possa alimentar e dar água aos animais abandonados, compartilhando os posts da entidade quando precisa de um lar, que possa fazer um pouquinho para que de alguma forma possa amenizar a dor e sofrimento desses animais”.

Você pode estar ajudando o Grupo adquirindo o ingresso para o jantar que será realizado no dia 21 de julho ou depositando qualquer valor na seguinte conta bancária:

 

Sicoob – Grupo Bem Estar Animal

AG: 3075

CONTA: 6848-9

CNPJ: 18.847.511/0001-09

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais