Dois homens são presos por furto de botijão de gás e bebida alcoólica

17 de junho de 2016 08:05
Polícia Compartilhar no Whatsapp
Dois homens são presos por furto de botijão de gás e bebida alcoólica Os homens foram encaminhados à delegacia (Foto: PM)

Por volta da 1h20min desta sexta-feira (17) a Polícia Militar atendeu uma ocorrência de furto na Rua Ricardo Panizzi, em Xaxim. Solicitante entrou em contato com o 190 após perceber a presença de quatro masculinos que passavam em frente à sua residência portando um botijão de gás e um balde de cor azul.
A guarnição deslocou ao local e na Rua Damião Pastro, Bairro Santa Terezinha, onde foi avistado os 4 masculinos sendo que dois deles se evadiram do local e os demais, identificados como S.A., e F.A.C., estavam de posse de um botijão de gás e de um balde de cor azul, dentro do qual havia diversas garrafas de bebida alcoólica, respectivamente e uma faca com cabo na cor preta.
Diante da informação repassa ao Copom de que o furto teria ocorrido próximo ao mercado e açougue Atollini, após realizar a detenção dos suspeitos e apreensão dos objetos, a guarnição seguiu para as imediações do mencionado endereço, onde constatou que a porta dos fundos do estabelecimento comercial Bar e Bar estava entreaberta.
Após o acionamento do proprietário do bar e, juntamente deste, foi realizado a verificação de que o furto teria de fato ocorrido naquele estabelecimento, tendo ocorrido por meio de arrombamento da porta dos fundos, possivelmente utilizando-se de uma barra de ferro da churrasqueira, que foi encontrada sobre o balcão do bar.
No total foram recuperadas 12 garrafas de bebidas alcoólicas, um botijão de gás em meio uso e um lixeiro de cor azul. A vítima relatou ainda a ausência de aproximadamente 15 pacotes de salgadinhos diversos, doces em geral e constatou também o arrombamento da máquina de Jukebox, de onde subtraíram diversas moedas.
Diante dos fatos, foi dado voz de prisão aos homens, sendo ambos conduzidos à delegacia. Cabe ressaltar que há 4 dias foi realizada a condução dos dois autores, por fato semelhante, demonstrando a tendência a reiteração da prática do delito ora apurado.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais