Eleitor com título irregular e que deseja votar para conselheiro tutelar deve procurar o Cartório Eleitoral

4 de julho de 2019 15:11 | Visualizações: 380
Eleição Compartilhar no Whatsapp
Eleitor com título irregular e que deseja votar para conselheiro tutelar deve procurar o Cartório Eleitoral Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom

Acontece em todo país no dia 6 de outubro a eleição para elegerem conselheiros tutelares. Em Santa Catarina a eleição acontecerá nos 295 municípios e conta com o apoio do TRE-SC.

Para que os eleitores possam exercer seu papel de cidadão e fazer a escolha de seu candidato, é preciso estar com o título de eleitor regularizado.

Os eleitores que estiverem com o cadastro regularizado até 8 de julho, próxima segunda-feira, estão aptos a votarem. Aqueles que por ventura estejam irregulares ou tenham que transferir o título de cidade têm até essa mesma data para realizar o procedimento e estarem habilitados a votar nas eleições para conselheiro tutelar.

O chefe do Cartório Eleitoral de Xanxerê, Clóvis Menegazzo ressalva que a biometria segue até final de agosto e a 43ª Zona Eleitoral segue com os atendimentos normalmente.

Ao todo, serão cerca de 1.500 conselheiros eleitos no estado, sendo ao menos cinco por cidade. A Resolução 139 do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente prevê que a escolha dos conselheiros tem que ser realizada de maneira direta pela população da respectiva cidade.

O TRE-SC atuará na eleição fornecendo arquivos dos cadernos de votação para impressão, suporte operacional e logístico e treinamento de técnicos para atuação no dia da votação. Além disso, 120 cidades irão usar a urna eletrônica na eleição, inclusive em Xanxerê haverá uma na Escola Pequena Príncipe.


Por: Carol Debiasi

Deixe seu comentário

Saiba Mais