Eleitores de Xanxerê que não realizaram biometria poderão votar normalmente

Moradores de Xanxerê, Faxinal dos Guedes e Bom Jesus que não fizeram o recadastramento biométrico poderão votar normalmente

28 de setembro de 2018 14:29 | Comunidade , Eleições 2018 , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Eleitores de Xanxerê que não realizaram biometria poderão votar normalmente (Foto: Divulgação)

Uma novidade para as eleições deste ano foi o recadastramento dos eleitores para que possam votar através de biometria. Mas, a biometria ainda não é obrigatória em todas as cidades brasileiras, o que é o caso de Xanxerê.

O recadastramento biométrico se fez obrigatório em cidades onde foi feita a revisão do eleitorado. Nesses casos, quem não efetuasse a biometria, teria seu título de eleitor cancelado.

Mas, na 43ª Zona Eleitoral, que compreende Xanxerê, Faxinal dos Guedes e Bom Jesus, nenhum título de eleitor foi cancelado porque a pessoa não fez a biometria, visto que o processo não era obrigatório aqui nessas eleições.

“Não tivemos nenhum cancelamento de título de eleitor porque a pessoa não veio fazer a biometria, porque aqui não era obrigatório, pois não tivemos revisão de eleitorado”, explica o chefe do Cartório Eleitoral de Xanxerê, Clóvis Menegazzo Rodrigues.

Ademais, um convênio celebrado entre o Instituto Geral de Perícias (IGP) e a Justiça Eleitoral de Santa Catarina irá propiciar a eleitores que cadastraram sua biometria no IGP, a votarem utilizando a impressão digital.

“Nesse ano teremos três tipos de eleitores: aqueles que cadastraram a biometria no Cartório Eleitoral, os que tiveram os dados importados do IGP e também os que não fizeram a biometria e nem tiveram os dados importados, que irão votar utilizando o título de eleitor e um documento com foto”, ressalta.

Além disso, Clóvis destaca que, a partir do dia cinco de novembro, eleitores que não realizaram o cadastramento biométrico, não tiveram os dados biográficos e biométricos importados ou enfrentaram problemas com sua biometria na hora da votação, podem comparecer ao Cartório Eleitoral munidos de documento oficial com foto e comprovante de residência em seu nome ou de um parente próximo, e realizar o cadastramento biométrico.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais