Em meio à estiagem, construção de cisternas é saída para produtores rurais

20 de julho de 2018 10:18
Agricultura , Negócios , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Em meio à estiagem, construção de cisternas é saída para produtores rurais Imagem meramente ilustrativa (Foto: internet)

Um problema sério enfrentado por muitos produtores rurais é a falta de água, em meio à estiagem. Na maioria dos casos, falta água para alimentar os animais, em produções de suínos, aves ou leite; mas, atualmente, também ocorre a escassez para o consumo humano.

A solução apontada é a construção de cisternas. Nos próximos dias, três produtores da Linha Costa do Irani se dedicarão a esse investimento, no anseio de solucionar o problema.

O investimento será próprio – cerca de R$ 10 mil; a Prefeitura deverá ajudar na abertura da vala, como explica o secretário de Agricultura, Edson Zape (Timão).

“Vamos fazer três cisternas, em três produtores. Iremos auxiliá-los na abertura das valas, mas também não será de graça. Elas serão construídas na Costa do Irani. Na próxima semana, estaremos agendando nas propriedades. O valor do investimento é em média de R$ 10 mil, mas resolve o problema. Nós temos cisternas no município, onde o produtor tem mais de quatro mil animais, e nunca faltou água. Neste caso, os vizinhos ficam todos sem água, mas ele não”, explica

O secretário frisa ainda que a responsabilidade para manter água e alimentação dos animais é da empresa que aloja e, não, da prefeitura.

“Quem é responsável pelos animais e também a falta de água seria a empresa que aloja. Quando o problema acontece, o pessoal liga na Prefeitura, mas não é de nossa responsabilidade. Essa é a lei. A Prefeitura faz na medida do possível; ficamos engessados, nossa estrutura também é limitada. Nosso caminhão leva seis mil litros de água”, finaliza.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais