Empresários de Xanxerê relatam prejuízo nas vendas com atraso na obra de revitalização

11 de dezembro de 2017 11:04
Comunidade , Obras , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Empresários de Xanxerê relatam prejuízo nas vendas com atraso na obra de revitalização A obra iniciou em agosto de 2017 (Fotos: Alessandra Bagattini/Lance Notícias)

 “Está bem complicado, além da demora para concluir a obra, tem essa poeira o tempo todo. A rua estava fechada até poucos dias, agora abriram, mas mesmo assim, poucas pessoas passam por aqui por causa dos trabalhos. Mesmo estando no mês de dezembro, onde as vendas deveriam aumentar, nós tivemos uma queda de mais de 70% nas vendas”, diz a comerciante Silvana Signor, que possui loja na Rua Antônio Vitório Giordani, local onde está sendo construída uma nova praça, no antigo terminal de Xanxerê.

“Minhas vendas caíram 50%. Depois que ficar pronto, vai ficar bonito, acredito até que aumente as vendas, pois as pessoas vão andar na frente das lojas e podem vir a comprar. Mas agora não. A obra deveria ser de 60 dias, mas já aumentaram e tão logo não fica pronta, quase não tem gente trabalhando aqui e quando tem gente não tem material”, diz outro comerciante do local que não quer se identificar.

As obras iniciaram ainda no dia 17 de agosto de 2017 e tinha como prazo 60 dias para ser concluída. Segundo o Secretário de Obras do município, Rivael Freschi, a empresa já foi notificada três vezes, pela demora para entregar a obra.

O montante para a revitalização do local é de R$ 150.000,00 e foi doado pelo CREA para a prefeitura de Xanxerê para que invista na revitalização do espaço. A doação foi uma contrapartida do CREA-SC pelo terreno doado no Bairro Tonial, na Rua Severino Tonial para a construção da sede da Inspetoria Regional.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais