Encontro técnico discute data de convênios com a Caixa Econômica Federal em ano eleitoral

2 de junho de 2016 12:01
Comunidade , Evento Compartilhar no Whatsapp
Encontro técnico discute data de convênios com a Caixa Econômica Federal em ano eleitoral A partir do dia primeiro de julho a caixa não pode mais autorizar o início de obras para mais nenhuma prefeitura. (Foto: Alessandra Bagattini/Lance Notícias).

Ocorreu nesta manhã o encontro técnico com representantes dos municípios que fazem parte da AMAI, onde o principal objetivo era esclarecer e alinhar as diretrizes dos ministérios pelo qual a Caixa possui convênios e são realizados juntos as prefeituras.

“Chega o período eleitoral e amarra os governos municipais em relação as obras, e isso acaba gerando muitas dúvidas, essa reunião é importante nesse sentindo, para tirar as divergências e alguns não entendimentos na lei.” Comenta Dilmar Fantinelli presidente da Amai.

O encontro contou com a presença da gerente da filial da área de Governos da Caixa no Oeste de Santa Catarina, Neile Cabral, e com o gerente da Caixa Econômica Federal, Carlos Alberto Bonin, além é claro de alguns prefeitos, administrados, contadores e o GMC, que é responsável pela regularização e organização dos projetos.

“O objetivo hoje é trazer um alinhamento com toda a equipe técnica das prefeituras, prefeitos e autoridades que estão presentes, mas deixar alinhado, pois estamos entrando em um período eleitoral e tem muitas coisas que precisam ser agilizadas até um certo período e tem coisa que não podem ser feitas a partir de um determinado momento. Então o foco é estreitar essa situação e obvio a Caixa quer buscar essa parceria, buscar ter proximidade com os municípios e fazer a nossa parte que é atuar com os serviços do Governo Federal.” Salienta Carlos Alberto Bonin.

Neide finaliza comentando que é necessário um cuidado importante com as datas: “A partir do dia primeiro de julho a caixa não pode mais autorizar o início de obras para mais nenhuma prefeitura, mas os contratos que tem a obra iniciadas continuam normal, essa data se estende até dia dois de outubro, que seria o período de eleição, depois volta ao normal.”

DSC_0426

DSC_0433

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais