Entenda os riscos de receitas caseiras para clarear os dentes

3 de dezembro de 2018 14:07 | Saúde , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Entenda os riscos de receitas caseiras para clarear os dentes Foto: Vivianefellows

Hoje em dia muitas pessoas optam por fazer clareamento em casa, por ser mais barato, com receitas aparentemente mágicas para deixar os dentes brancos com uma aplicação de diversos produtos.

Com certeza você já ouviu falar ou conhece alguém que faz uso do bicarbonato de sódio ou até mesmo carvão. Estas técnicas podem até surtir um certo efeito momentâneo, mas os riscos para a sua saúde bucal são enormes.

A dentista Juliana Arcego Filipin explica que é imprescindível consultar um profissional quando se trata de procedimentos caseiros.

– Somente o gel de clareamento oferecido pelas clínicas odontológicas ou o clareamento a laser são opções para quem deseja clarear os seus dentes. Outros produtos acabam abrasonando o esmalte do dente e deixando ele mais sensível e poroso, prejudicando assim o dente – ressalta Juliana.

Estas técnicas caseiras podem deixar o dente extremamente fraco, além de possibilitar a pigmentação mais rápida do mesmo. A pessoa pode até ter um resultado de dentes mais brancos com estas receitas, mas depois o dente volta a ficar mais amarelado, em função da abertura dos poros.

– Tem muitos casos de pessoas que passam carvão nos dentes, o carvão de fazer churrasco, antigamente se fazia muito isso, como uma forma de limpar os dentes, hoje em dia as pessoas estão voltando a fazer isso, mas como uma forma de clareamento, que é totalmente errado – pontua.

O gel de clareamento não age por contato direto com o dente, são bolhas de oxigênio que liberam o produto no dente, e não é agressivo, pois não raspa o esmalte do dente, agindo de dentro para fora.

– O carvão e o bicarbonato não chegam realmente a clarear os dentes, essa técnica pode até deixar um pouco mais branca, pois retira algumas manchas pigmentadas no esmalte, mas não chega a clarear – explica.

Juliana ressalta ainda que para fazer um clareamento, se faz necessário agendar uma consulta antes de iniciar o procedimento.

– Por exemplo, se a pessoa está com uma cárie e não realiza um tratamento antes de iniciar o procedimento de clarear os dentes, pode ser muito prejudicial, deixando o dente muito sensível e resultando até em tratamento de canal ou perda do dente – finaliza.


Por: Karina Ogliari

Deixe seu comentário

Saiba Mais