Entrevista: policial militar ambiental comenta sobre os impactos diante das queimadas em vegetação

29 de agosto de 2019 15:17 | Visualizações: 80
Comunidade Compartilhar no Whatsapp
Entrevista: policial militar ambiental comenta sobre os impactos diante das queimadas em vegetação Foto: Alessandra Bagattini

O período de pouca chuva, estiagem e fortes ventos, especialmente no mês de agosto, tem propagado, principalmente, o fogo em vegetação. A Defesa Civil de Santa Catarina já registrou mais de 26 dias sem acumulados de chuva significativos, sendo que a última chuva de apenas cinco milímetros foi registrado no dia 2 de agosto.

Cabo Luciano, policial militar ambiental de Chapecó. Foto: Alessandra Bagattini

Somente nesse mês já foram presenciados mais de 183 incêndios em vegetação, número alarmante para os órgãos do Estado que diariamente recebem chamados para controlar esse tipo de situação. E, para explicar sobre os impactos que isso traz a população de maneira geral e também para a fauna e a flora, esteve na redação do Lance Notícias nesta quinta-feira (29) o coordenador do grupo de educação ambiental do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental de Chapecó, Cabo Luciano.

O policial militar ambiental explicou sobre as queimadas, o que de fato são as queimadas controladas, de que maneira pode ser denunciado caso a população aviste algum tipo de crime e como a Polícia Militar Ambiental atua na conscientização e na educação para jovens e adultos.

Confira a entrevista:


Por: Carol Debiasi

Deixe seu comentário

Saiba Mais