Epagri Ciram alerta para risco de temporais no Oeste

26 de julho de 2016 15:41
Clima , Comunidade , Previsão do tempo , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Epagri Ciram alerta para risco de temporais no Oeste (Foto:Luciano Peri)

Com o avanço de uma massa de ar frio sobre Santa Catarina, juntamente com a intensificação de um ciclone extratropical sobre a costa Sul do Brasil, está previsto para essa terça-feira (26) fortes rajadas de vento de 60 a 80 km/h, essas rajadas intensas persistem na quarta-feira (27).

No decorrer da noite desta terça-feira, a chuva deve persistir nas regiões de Santa Catarina, sendo possível o risco de descargas elétricas e rajadas de ventos fortes. Juntamente com as intensas rajadas de ventos, a temperatura terá um declino bruscamente. Sendo que a máxima não passará de 15ºC.

Recomendações da Defesa Civil de Santa Catarina

Tempestades com descargas elétricas (raios), ventos fortes: Proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos. Não olhe para o raio. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se, o banheiro é o melhor local durante uma tempestade.

Onda de Frio: atenção com população mais vulnerável, como enfermos, moradores de rua, idosos e crianças. Além disso, abrigar animais domésticos nas noites mais frias. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, em virtude das doenças causadas pelo frio (gripe, resfriados, pneumonia, meningite) é essencial tomar medidas simples como manter-se bem agasalhado, beber bastante água e evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas, além da higiene frequente das mãos. Essas medidas são de grande valia na prevenção destas doenças, ressaltando que crianças e pessoas idosas são mais suscetíveis às doenças agravadas pelo frio e devem estar mais atentas.

Geada: agricultores deverão tomar medidas preventivas.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais