Epagri Ciram explica motivo da alta do milho e interferência no valor do leite

20 de julho de 2016 14:43
Agricultura , Comunidade , Cultura , Economia , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Epagri Ciram explica motivo da alta do milho e interferência no valor do leite Com a elevação na produção, o valor do leite tende a normalizar. (Foto: Divulgação)

O Governo de Santa Catarina juntamente com a Secretaria da Agricultura, da Pesca e da Epagri, está apoiando a criação de um programa de incentivo à produção de milho, tendo como objetivo expandir em cem mil hectares a área de produção no estado. Sabe-se que o grão é fundamental para o agronegócio, pois interfere diretamente na alimentação dos suínos, bovinos e outros animais.

Em contato com o Marcelo Henrique Bassini, extensionista rural da Epagri de Xanxerê, ele comenta a justificativa do incentivo para a produção “Com a alta do dólar o milho que tinha em estoque foi todo exportado, então não se teve produto interno para abastecer as unidades produtoras do país. Sem estoque se contava com o milho de safrinha, mas em função da seca e da geada houve uma redução na produção. Então além de não ter estoque houve uma redução na produção, mas claro que a oferta de produto ainda é maior. Com a colheita da safra isso gerou uma oferta do produto, mesmo que não seja na quantidade esperada mas ocorreu e diminui o preço do milho”.

Com o incentivo do Governo do estado para a produção do grão, justamente com a facilidade de adquiri-lo, a dúvida seria se a produção não vai ocasionar uma superprodução, deixando o valor do produto em baixa. Porém segundo Bassini, isso não seria um problema, pois hoje muitos produtores estão preferindo fazer o plantio da soja, justamente pelos custos de produção, “É poderia ser um problema se o preço da soja fosse mais baixo, mas como o preço continua elevado hoje ainda é atrativo plantar soja, como os dois estão com boa produção e necessário ver os custos de produção, sendo mais barato o da soja”, comenta.

Importância do grão para produção leiteira

A falta do produto no mercado foi o que atingiu diretamente na elevação do valor do leite, pois o milho é considerado o principal alimento para o animal “O leite agora com períodos de geada, o animal ficou um período sem alimentação o interferindo diretamente no valor do produto para os consumidores e esse valor ainda não baixou”, cita o extensionista.

A expectativa é que agora com o aumento de produção do grão a oferta do leite volte ao normal e o preço seja normalizado “De agora em diante vai voltar ao normal, vamos ter a oferta vai ficar no nível normal de produção, a expectativa então é para normalizar o valor”, finaliza Bassini.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais