Escola Romildo Czepanhik é parceira em projeto para implantação de Brigada Escolar

3 de junho de 2019 09:36 | Visualizações: 998
Comunidade , Educação , Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Escola Romildo Czepanhik é parceira em projeto para implantação de Brigada Escolar (Foto: Divulgação)

Os estudantes da escola de Educação Básica Romildo Czepanhik, de Xanxerê, foram convidados a se envolver em um projeto diferente. O intuito final é prepara-los para fazer parte de uma brigada escolar.

Esse é um projeto de extensão do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), câmpus de Xanxerê, coordenado pela professora Jucelia Padilha, que é engenheira e tem pós-graduação em engenharia e segurança do trabalho. Além disso, estudantes do IFSC também fazem parte das aulas.

Segundo Jucelia, o projeto havia sido implantado em Luzerna, mas como projeto interno, capacitando alunos do câmpus. Aqui, como projeto de extensão, o objetivo é capacitar os alunos para que sejam multiplicadores de conhecimento.

Entre aulas práticas e teóricas, os alunos de sexto a terceiro ano do ensino médio aprendem noções básicas de combate a incêndio, primeiros socorros e como atuar em uma situação de emergência.

– Tomamos como base uma das instruções normativas do Corpo de Bombeiros. Diante disso, planejamos para atuar na escola em dez encontros que vão totalizar 20 horas de treinamento. Já finalizamos a primeira parte, onde foi exatamente metade de aulas práticas e metade teórica somente com combate a incêndio. Agora, vamos entrar na parte de primeiros socorros, também com aulas práticas e teóricas – explica.

De acordo com a diretora da escola, Zilmara Maciel, o objetivo é implantar uma Brigada Escolar, onde os estudantes serão preparados para atuar em situações adversas de emergência.

– O intuito do projeto desenvolvido pela professora Jucelia, em parceria com o Instituto Federal e o Czepanhik, é de implantarmos uma Brigada Escolar. O objetivo é trabalhar noções de combate a incêndio e primeiros socorros, com os alunos e professores, que também passaram por uma capacitação. Tem tantas outras ocorrências dentro da própria unidade escolar que, às vezes, as pessoas ficam nervosas e não sabem como proceder para ajudar e podem até prejudicar, por conta da falta de preparo, por isso aceitamos participar desse projeto – comenta.

O Corpo de Bombeiros de Xanxerê também é parceiro do projeto, uma vez que o intuito da instituição é trabalhar com a prevenção. Segundo cabo Correa, do Corpo de Bombeiros, o intuito é fazer com que todas as escolas do município implantem esse projeto.

– A ideia nossa é sempre trabalhar com a prevenção. Quando preparamos as pessoas antes dos acontecimentos, fica mais fácil de agir. Primeiro, porque as pessoas vão saber como agir, como se portar, ou vão saber o que fazer para não sofrer mais com esses danos. Nossa ideia é que cada escola do município faça esse trabalho, começando por essa escola piloto e, a partir disso, dar continuidade para as outras escolas do município se adequarem a esse tipo de treinamento que é tão importante, dado sua gravidade. Visto que nosso município já passou e ainda enfrenta dificuldades com desastres naturais, quanto mais preparados estamos, mais fácil vamos ter uma resposta para um caso de emergência – conclui.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais