Escola xanxerense de futebol de base busca restruturação e fortalecimento

19 de julho de 2018 13:46
Esporte em destaque , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Escola xanxerense de futebol de base busca restruturação e fortalecimento Imagem Ilustrativa (Foto: Divulgação)

Xanxerê atualmente conta com a escola de base e de rendimento, que representa o município nas competições. O projeto iniciou ainda no ano de 2006, com os professores Douglas e Alisson.

“Em 2006, veio o convite para eu coordenar a escolinha de rendimento. É a equipe que representa o município nas competições. Eu estive, de 2012 a 2016, na coordenação da Secretaria de Esportes. Agora, retornei e volto com o intuito de melhorias”, comenta Douglas Bin.

O principal projeto, hoje, da escolinha é a fundação da Associação de Futebol e de Base Xanxerense. “A minha ideia é desburocratizar; neste momento, precisamos arrecadar verbas para fazer ações. O primeiro passo é fundar a Associação de Futebol de Base Xanxerense, para que possamos buscar mais fundos. Além disso, buscamos estruturar melhor, com equipamentos, para os nossos guris. Seria importante a comunidade se sensibilizar e participar do jogo, pois é uma ajuda para o município. Futuramente, podemos ter os meninos jogando na Chapecoense. Temos uma boa relação, e nada impede que saiam daqui revelações para o futebol”, salienta.

 

Renda do jogo da Chape sub20 será destinado à escola de base

No dia 25 de julho, acontece, no Estádio Josué Annoni, a partida entre Chape e Palmeiras da categoria Sub20. O valor arrecadado com a entrada será repassado, pela Chapecoense, para a categoria de base de Xanxerê. Além disso, fica de responsabilidade da Chape melhorias no gramado do estádio municipal.

Para a partida, que ocorre às 15h, será cobrada meia-entrada, sendo o valor de R$ 10.

 

Esporte formando bons cidadãos

Douglas frisa ainda a importância do esporte na formação do cidadão, do seu futuro. “Entre esses vários anos que estivemos à frente do projeto, os guris que passaram pela escola de base estão constituindo família, estão no mercado de trabalho, são pessoas de bem; então, isso que é bacana de ver: estamos formando bons cidadãos. Temos exemplos como o Diego Lorenzi, ele que está na série B, tem passagem por nós. Temos o Nathan que é vereador; diversos ex-alunos que são empresários. São marcas que ficam, e a gente quer estruturar para que, cada vez mais, estejamos revelando”, finaliza o professor.

Interessados em ajudar a escola de base podem entrar em contato com o Douglas ou na Secretaria de Esportes.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais