Estudo irá apontar a viabilidade de manter o Pronto-Atendimento aberto em Xanxerê

1 de março de 2019 17:09 | Visualizações: 1507
Saúde , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Estudo irá apontar a viabilidade de manter o Pronto-Atendimento aberto em Xanxerê Foto: Alessandra Bagattini/Lance Notícias

Após seis meses de visitas in loco, uma audiência pública foi realizada para discutir a saúde básica de Xanxerê, principalmente os postos de saúde, o Pronto-Atendimento e o motivo da superlotação do Hospital de Xanxerê.

Diversas situações foram expostas, bem como recomendações e pedidos de melhorias por parte do Ministério Público para a Secretaria de Saúde e Administração Municipal.

Um dos pontos debatidos durante o evento, é o Pronto-Atendimento, que não funciona 24 horas por dia e não tem cumprido o papel de uma UPA.

A secretária de Saúde, Irene Goralski, comenta que um estudo técnico está sendo elaborado para verificar a viabilidade de manter ou não aberto o local.

– Agora nós vamos fazer um estudo de viabilidade, e isso quer dizer do custo financeiro. Na Audiência Pública ficou bem claro: o município precisa transformar em uma UPA ou melhora o local para melhor atender a comunidade. Eu estou entrando em contato com São Paulo, médicos, procurando informações porque eu preciso fazer um projeto para que consiga resolver o problema da comunidade. Nós temos um mês – explica.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais