Família de criança de Xanxerê com tumor no cérebro precisa de ajuda

A família do menino Samuel de cinco anos, que possui tumor no cérebro precisa da ajuda da comunidade.

18 de junho de 2018 10:55
Lance Notícias , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Família de criança de Xanxerê com tumor no cérebro precisa de ajuda (Foto: Patrícia Silva/lance Notícias)

A família do menino Samuel de cinco anos, que possui tumor no cérebro precisa da ajuda da comunidade. O caso dele já foi divulgado aqui no LANCENOTICIAS.com.br ainda em dezembro de 2017. Porém, segundo a mãe, a situação está cada vez mais complicada.

 

Relembre: Família de menino de 5 anos com tumor no cérebro precisa de ajuda

 

Lurdes Lemes da Rosa, mãe de Samuel, destaca que precisa de ajuda da população para pagar a sua hospedagem em Florianópolis, já que o menino precisa fazer aplicações de medicamento no cérebro.

“A nossa situação complicou bastante, porque aquele tumor cresceu, ele fez outra cirurgia e agora vamos para Florianópolis fazer as aplicações. O meu marido não pode trabalhar, porque precisa nos acompanhar na viagem. Nós tínhamos ficado trinta dias lá em Florianópolis ai viemos para casa, mas fim de semana vamos voltar de novo. A nossa situação só piorou. Nós fizemos uma macarronada no fim de semana, mas a nossa situação financeira está cada vez mais complicada”, detalha a mãe.

 

 

Os cuidados com Samuel são 24h por dia. Lurdes tem problemas cardíacos e também bipolares, por esse motivo seu esposo parou de trabalhar e acompanha a família nas viagens. Além disso, Lurdes possui mais duas filhas e a família sobrevive com apenas um salário mínimo por mês.

“Nós temos mais duas meninas em casa, só que Florianópolis não tem casa de apoio, por isso gastamos. Nós arrumamos uma pousada lá, que é a mais barata, mas eles não têm comida.  Eu nunca somei quanto realmente precisamos, mas é R$70,00 por dia nessa pousada”, comenta Lurdes.

O tratamento de Samuel é realizado pelo SUS. A família pede ajuda pois precisa comprar medicações e também pagar contas de água e luz.

“O tratamento dele é pelo SUS, só pagamos uma medicação e as minhas porque fiz uma cirurgia do coração eu também preciso, mas estou a três meses sem tomar. Nós temos as meninas que ficam em casa com a minha cunhada, mas preciso deixar comida para elas. Estamos com as contas de água e luz atrasadas e nós não temos o que fazer. Nós vivemos com um salário mínimo que é do benefício que recebo devido a minha doença”.

A descoberta ocorreu depois de Samuel passar mal. A família já realizou rifa e também macarronada, mas o montante arrecadado, não foi o suficiente. A família reside na Rua Reginaldo Fernando Streb, nº 601, no Bairro Tacca.

Se você deseja ajudar a família com qualquer quantia em dinheiro, pode estar depositando na seguinte conta bancária:

 

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais