Focos do mosquito Aedes Aegypti passam de 550 em Xanxerê

25 de maio de 2016 15:05
Comunidade , Saúde Compartilhar no Whatsapp
Focos do mosquito Aedes Aegypti passam de 550 em Xanxerê Número de focos aumenta em Xanxerê. (Foto: Patrícia Silva/ Lance Notícias)

A Dengue continua causando problemas em vários municípios, o que não é diferente em Xanxerê. Mesmo com o inverno chegando, é necessário redobrar a atenção. O número de casos confirmados não aumentou, continua 16, o que aumentou foi o número de focos, que passou para 551, mais que o dobro do registrado em todo o ano em 2015, que foi 188.

Segundo a coordenadora do Programa de Combate à Dengue, Janete Rodrigues, os Bairros Nossa Senhora de Lurdes, dos Esportes, Matinho, São Pedro e Centro são os locais onde o número de focos são maiores, mas o Bairro Dos Esportes é que pede um cuidado especial, no mesmo já foram 8 casos confirmados pelo Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 10 em Laboratórios Particulares, estes não são contabilizados pela vigilância epidemiológica.

Mesmo que a doença tenha maior incidência no verão, o inverno requer uma atenção redobrada para prevenção pois água parada em poças, calhas e cisternas são casos comum devido as chuvas que ocorrem nesta época do ano.

A atenção sobre o mosquito Aedes aegypti, que é transmissor do vírus da Dengue, é necessária ser redobrada pois a ele aparece no inverno, ou qualquer outra estação desde que tenha situações favoráveis para seu desenvolvimento. Lembrando que o ovo do mosquito Aedes Aegypti é capaz de sobreviver meses fora da água, para somente quando tiver contato com água limpa possa eclodir.

Leia Mais:

Combate ao mosquito da dengue não deve ser interrompido com a chegada do inverno

 


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais