Furto de equipamentos contribuiu para o atraso das obras de saneamento básico

29 de janeiro de 2019 13:26
Comunidade , Obras , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Furto de equipamentos contribuiu para o atraso das obras de saneamento básico Foto: Divulgação/Prefeitura de Xanxerê

Após meses parada, a obra de saneamento básico, de Xanxerê, foi retomada em novembro. Na época, a empresa tinha até o dia 20 de dezembro para concluir os serviços, prazo que foi cumprindo, sendo estendido até este mês.

Uma das justificativas pelo atraso se refere ao furto dos equipamentos. Segundo Carlos Peretti, do setor de tributação da Prefeitura, houve o furto de fios de cobre e também de equipamentos como motor.

– Tivemos um problema bem sério de furto de equipamento que atrasou a obra. Lógico que a obra é de uma dimensão gigantesca, porque ela simples temente vai mudar a forma que Xanxerê trata o esgoto, porém, o furto dos materiais, principalmente agora na parte final foi grande e contribuiu para este atraso – cita.

Além disso, as equipes de obras realizam um problema relacionado a demanda de energia. De acordo com o secretário de Administração e Finanças, Jader Danielli, este fator conta com o apoio da Iguaçu Energia, responsável pelo abastecimento de luz no município de Xanxerê.

– As obras estão em fase de conclusão e estamos fiscalizando o que falta. Estamos resolvendo um problema de demanda de energia, na elevatória, que está sendo regularizado pela Iguaçu. Mas estão concluindo os últimos detalhes – comenta.

A rede hoje abrange parte do centro de Xanxerê e do Bairro Castelo Branco. Após o período de testes, todas as edificações, seja casa ou prédio, onde a rede do esgoto compreende, terá de fazer a ligação da sua tubulação à ela. Os proprietários terão um prazo para fazer isso, mas será obrigatório.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais