Gerência da Saúde comenta caso suspeito de meningite em Xanxerê

29 de janeiro de 2019 08:55
Saúde , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Gerência da Saúde comenta caso suspeito de meningite em Xanxerê (Foto: Márcio Tecchio)

No fim de semana um caso triste foi registrado no município: um bebê de dois meses morreu e a suspeita é que seja meningite.

O material já foi colhido para que seja realizado o exame que irá confirmar se de fato é ou não. Em entrevista com a Gerência de Saúde da regional de Xanxerê, a enfermeira Daniela Debastiani Volpato, comenta que neste momento se aguarda o resultado dos exames.

– A gente não tem dados oficiais, o que vale para nós são os dados do Lacen. Cresceu uma bactéria e ela é uma possível causadora da meningite, mas o que nos deixa bem tranquilos é que ela não causa surto. Ela está dentro das ocorrências de rotinas, ainda – explica.

A enfermeira salienta ainda que o fator que contribuiu muito para a morte do bebê foi a baixa imunidade.

– Geralmente no inverno tem mais casos porque os ambientes ficam mais fechados. Este caso é mais complexo porque era um bebê de dois meses, ainda não tinha imunidade formada. A primeira dose da vacina contra meningite é somente com três meses e ele ainda não tinha tomado. Porém, essa bactéria que deu nele não tem vacina, é uma bactéria da pele, normal, que tem na pele de todo mundo, que infelizmente atingiu a meninge dele, e que devido ele ter outros problemas já, acabou indo a óbito. Se fosse uma criança mais forte, com mais imunidade não teria acontecido nada – detalha.

O resultado do exame é divulgado dentro de cinco dias, em média. Se confirmado o caso é feito todo um processo de acompanhamento das pessoas que tiveram contato com o bebê para impedir que a possível doença se espalhe.


Por: Patricia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais