Gremistas da região participam da fundação do Consulado do Grêmio em Xanxerê

26 de fevereiro de 2018 14:42
Comunidade , região , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Gremistas da região participam da fundação do Consulado do Grêmio em Xanxerê (Foto: Divulgação)

Aconteceu na noite da última sexta-feira (23) o evento de fundação do Consulado do Grêmio em Xanxerê. O evento contou com a participação de mais de 500 pessoas entre gremistas e simpatizantes do time de Xanxerê e região. Estiveram presentes no evento os ex-atletas China e Carlos Miguel, ambos campeões de Libertadores respectivamente em 1983 e 1995 e o primeiro também Campeão Mundial em 1983 e o mascote do time que vieram com o ônibus do time, que foi seguido pelas ruas da cidade por uma carreata chegando até o Strike Pub, local do evento.

Conforme o Cônsul Geral Paulo Boita o evento superou as expectativas, sendo que houve a presença de torcedores de Abelardo Luz, Xaxim, Chapecó, Faxinal dos Guedes, Joaçaba e também outras cidades do estado. Também esteve presente no evento o Diretor Regional de Chapecó do Consulado do Grêmio, Marcelo Fiorini.

“O pessoal pode interagir com os atletas após o encerramento da solenidade e eles são duas pessoas maravilhosas que atenderam muito bem os nossos gremistas de Xanxerê e região tanto com autógrafos como posando para fotos. Além do número de participantes no evento que superou nossas expectativas, também em relação a forma como eles foram atenciosos com o nosso povo nos surpreendeu” destaca o Cônsul.

Durante o evento foram sorteados vários brindes aos participantes, mas o mais esperado era a viagem para um jogo do Tricolor com todas as despesas pagas e um tour pela Arena, estádio do Grêmio que foi cedida pela Turiscoll Viagens. O ganhador da viagem foi Cesar Badia Sampaio, morador de Xanxerê.

Segundo Paulo, o Grêmio pede para que os torcedores que forem se associar a um Consulado do clube sejam sócios do Grêmio, para ajudar a fortalecer o time. Ademais, ele destaca que no Consulado de Xanxerê, se o torcedor quiser mesmo fazer parte mas não tem condições de se associar ao time, pode participar das atividades.

“Durante o evento já associamos várias pessoas no Grêmio. O pré-requisito para se associar ao Consulado é ser sócio do Grêmio, porque o clube é fortalecido através do sócio e essa é uma condição que o Grêmio impõe para nós. Mas, se a pessoa não puder se associar e quiser participar do nosso Consulado, por definição nossa aqui de Xanxerê nós vamos acolher a todos e ao longo do tempo as pessoas vão poder se associar. Nós aqui, basta que as pessoa se disponha a participar dos nossos eventos e comece a ter uma participação uniforme, e ela pode mesmo não sendo sócia, fazer parte do consulado” comenta.

Além disso, o Cônsul comenta que o Consulado deve se reunir novamente nos próximos dias para fazer uma avaliação do evento de fundação de também para deliberar outras ações.

“Nos próximos dias vamos nos reunir para fazer uma avaliação do evento e a tendência é que o Consulado do Grêmio a cada dois ou três meses desenvolva algum tipo de atividade aqui em Xanxerê, seja atividade interna ou desportiva, social, também para contribuirmos com a sociedade xanxerense que nos acolheu muito bem e prestigiou o evento” frisa.

O Consulado gremista de Xanxerê tem por representantes Paulo Boita como Cônsul Geral e Lino Testa; e Carlinhos Zandoná, Gilberto Maran, Alcindo Copetti e Rui Pimentel Jr. como Cônsules Adjuntos.


Por: Alessandra Oliveira

Deixe seu comentário

Saiba Mais