Grupo de Militares Evangélicos realiza ações em Xanxerê e região

13 de fevereiro de 2020 13:26 | Visualizações: 2143
Variedades , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Grupo de Militares Evangélicos realiza ações em Xanxerê e região Foto: divulgação

A União de Militares Evangélicos de Santa Catarina (Umesc) originou-se do Grupo de Militares Evangélicos de Lages (Grumel), criado em 27 de setembro de 1989. Naquela data reuniram-se, em Lages-SC, vários militares os quais decidiram criar um Grupo de Militares Evangélicos – Grumel, cujo objetivo principal era respaldar financeiramente alguns missionários, para que esses anunciassem o Evangelho.

No município, também existe o Grupo de Militares Evangélicos de Xanxerê (Grumex), coordenado pelo policial Edemar Luiz da Silva. O objetivo é oferecer apoio espiritual para os policiais e também seus familiares.

No próximo domingo (16), o grupo realizará um culto em Ponte Serrada, como explica Edemar.

– Geralmente fazemos esses cultos. O Grumex (Grupo de militares evangélicos de Xanxerê) realiza essas ações, independente da religião das pessoas, dando suporte espiritual para os policiais e organizamos os cultos militares em locais que somos convidados, que é o que vai acontecer na Assembleia de Deus, em Ponte Serrada. Chamamos de culto militar, mas na verdade é um culto realizado por militares, mas seguindo as doutrinas e liturgia de cada igreja – comenta Edemar.

Ações pelo mundo

Atualmente a Umesc respalda financeiramente mais de 60 missionários distribuídos em vários países e Estados do Brasil.

A Umesc já distribuiu dezenas de milhares de folhetos com mensagens bíblicas, alguns milhares de bíblias e fez a colocação de dezenas de bíblias em repartições militares. Além disso, editou revistas e informativos para a divulgação de suas atividades, bem como tem participado de vários eventos de militares evangélicos tanto no Brasil quanto no exterior a fim de fortalecimento e troca de experiências entre os militares evangélicos.

Atualmente a Umesc possui cerca de oitocentos associados militares, além de outros civis, e conta com cinquenta Grupos de Militares Evangélicos, em vários municípios catarinenses.


Por: Patrícia Silva

Deixe seu comentário

Saiba Mais