Habitação e saúde são as principais demandas da Amai para o Congresso de Prefeitos da Fecam

6 de setembro de 2019 11:24 | Visualizações: 61
Comunidade , Habitação , Política , Saúde Compartilhar no Whatsapp
Habitação e saúde são as principais demandas da Amai para o Congresso de Prefeitos da Fecam Foto: Divulgação

Acontece, nesse mês de setembro, em São José, na Grande Florianópolis, o Congresso de Prefeitos, promovido pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam). As inscrições para participar do evento estão abertas e a expectativa é reunir mais de 2.500 pessoas dos 295 municípios de Santa Catarina. O prefeito de Xanxerê, Avelino Menegolla, irá participar, assim como os demais prefeitos da região da Amai.

Conforme o presidente da Fecam, prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, muitos assuntos precisam ser tratados e uma série de desafios relacionados as novas normas, além de segurança jurídica e portarias relativas a um modelo de Pacto Federativo que se busque soluções rápidas e efetivas.

A presidente da Amai, prefeita de São Domingos, Elieze Comachio destacou algumas demandas que merecem ser debatidas no encontro da Fecam. Segundo a presidente, habitação e saúde são os principais gargalos dos municípios do Oeste.

– Precisamos ter uma política efetiva de habitação do estado catarinense para todos os municípios. Outro tema importante é com relação a saúde para mais investimento para os consórcios públicos municipais para efetivar realmente a saúde em todo estado e também os consórcios multifinalitários – destaca.

O Congresso tem a tarefa de reunir gestores públicos e empreendedores, homens e mulheres que comandam prefeituras, demais órgãos públicos e empresas, e se adiantar a esse novo momento e seus complexos desafios. Além das plenárias, Feira de Soluções com foco em tecnologia e inovação, cinco seminários abordarão temas que envolvem “Inovação e tecnologia”, “Educação”, “Gestão de recursos, infraestrutura e financiamento”, “Sustentabilidade e meio ambiente” e “Simples Nacional” e muitos outros temas serão abordados durante os três dias de Congresso.


Por: Carol Debiasi

Deixe seu comentário

Saiba Mais