Haitianos enfrentam dificuldades para conseguir emprego em Xanxerê

18 de setembro de 2017 09:08
Comunidade , Empregos , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Haitianos enfrentam dificuldades para conseguir emprego em Xanxerê Haitianos superam dificuldades e buscam por uma vida melhor em Xanxerê. (Foto: Divulgação)

O Brasil é um dos países onde mais se encontram imigrantes haitianos e isso ocorre em virtude da oferta de auxílios como alimentação e emprego. Em Xanxerê, segundo levantamento realizado pela Assistência Social, cerca de 73 haitianos residem no município.

O grupo recebe apoio da Associação dos Haitianos de Xanxerê – AHXA, a mesma tem por objetivo auxiliar os haitianos nas suas necessidades, como moradia e emprego.

Desde o início de agosto, a Assistência Social de Xanxerê, realiza o cadastramento desses moradores, para conhecer suas necessidades e também prestar apoio. Segundo Luciana Contini, diretora, o número maior de cadastros, está ocorrendo no CRAS do Bairro Nossa Senhora de Lourdes.

“Esse cadastro, está sendo realizado nos CRAS, o do Bairro Nossa Senhora de Lourdes é o que mais está tendo procura deles, até porque onde eles moram ficam mais perto da região desse CRAS”, diz.

Patrícia Muller, coordenadora, comenta que até o momento 26 haitianos procuraram o CRAS em busca de auxílio.

“Nós estamos fazendo os atendimentos aqui a partir dos cadastros que realizamos na Câmara de Vereadores. Quando os haitianos chegam aqui, conferimos os cadastros, caso eles não tenham, nós realizamos, e é agendado o atendimento. Geralmente o cadastro é realizado por família, ao todo temos 26 cadastros, que pertencem ao nosso território”.

Ainda segundo a coordenadora a maior demanda é por encontrar emprego.

“Os que vieram estão buscando auxílio em questão de roupas, alimentação e também ingressar no mercado de trabalho. Nós realizamos o cadastro deles, encaminhamos para que seja feito a carteira de trabalho e alguns já encaminhamos para o Sine. Quando eles estão desempregados, a Assistente Social faz uma avaliação da situação da família, mas não é todos os casos que são liberados, porque se tiver mais pessoas da casa que trabalham, depende muito os critérios de avaliação, que são utilizados pela Lei, que fala sobre a renda”.

Novos haitianos

Patrícia destaca que novos haitianos estão chegando em Xanxerê. “Um levantamento realizado aponta que o município possui cerca de 73 haitianos, mas está chegando mais pessoas. Um deles que nós atendemos, chegou há duas semanas aqui em Xanxerê, então acreditamos que esse número vai aumentar”.


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais