Homem que cometeu feminicídio em Abelardo Luz é condenado a 15 anos de prisão

O crime ocorreu no ano passado, durante o feriado de 7 de setembro. 

19 de setembro de 2018 07:29
Comunidade , região , Xanxerê Compartilhar no Whatsapp
Homem que cometeu feminicídio em Abelardo Luz é condenado a 15 anos de prisão (Foto: Alessandra Bagattini/Lance Notícias)

Um homem foi condenado a 15 anos de reclusão, a serem cumpridos inicialmente em regime fechado, por matar a companheira em Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina. Este foi o primeiro feminicídio registrado naquela cidade. O crime ocorreu no ano passado, durante o feriado de 7 de setembro. O Promotor de Justiça Chrystopher Augusto Danielski representou o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) na sessão do Tribunal do Júri, realizada na quinta-feira (13/9), presidida pelo Juiz Emerson Carlos Cittolin dos Santos.

O corpo de jurados, por unanimidade, considerou o réu culpado das duas acusações: homicídio qualificado e posse irregular de arma de fogo de acesso restrito. Quando questionados se o réu agiu prevalecendo-se de relações domésticas e de coabitação, os jurados responderam que sim. Com 20 anos de idade na época dos fatos, o acusado não tinha antecedentes criminais e está recolhido no Presídio Regional de Xanxerê desde outubro de 2017.

Ele atirou no rosto da esposa com uma pistola calibre 38. A vítima teve morte instantânea. Eles viviam juntos havia quatro anos. A filha do casal estava na casa no momento do crime. A vítima faz parte de uma trágica estatística: uma mulher é assassinada no Brasil a cada duas horas. Em 2017, ano do crime em Abelardo Luz, foram 4.473 casos, 946 deles feminicídios, de acordo com pesquisa realizada pelo site G1. Houve um aumento de 6,5% em relação a 2016 (Autos 00010571720178240001).


Por: Alessandra Bagattini

Deixe seu comentário

Saiba Mais